A Veganz, empresa de alimentação vegana de Berlim, fez uma parceria exclusiva com a Aramark, que está prevista para ser implementada em todas as áreas de negócios da marca a partir de janeiro desse ano, com foco nos setores de esportes, eventos e catering

A Aramark é um dos principais fornecedores alemães no setor de catering e gestão de serviços, enquanto a Veganz oferece diversos produtos veganos como biscoitos e produtos de padaria, alternativas de queijo, peixe, carne e salsicha, lanches naturais, proteínas, refeições prontas e doces.

Arnd Rune Thomas, diretor de operações da Aramark, falou sobre a parceria em um comunicado

“É um grande passo na direção certa e uma vitória para ambas as partes. Com nossa experiência, estamos apoiando a Veganz na conquista de uma posição mais forte no mercado de catering, ao mesmo tempo em que expandimos nosso portfólio de deliciosas refeições ecológicas. A excelente imagem de marca que a Veganz desfruta como ‘a marca de alimentos mais inovadora da Alemanha em 2021’ está perfeitamente em sincronia com nossas próprias diretrizes”. 

Jan Bredack, fundador e CEO da Veganz, também adicionou: “Estamos muito satisfeitos que a nossa cooperação com a Aramark nos permitirá alcançar ainda mais pessoas com nossos produtos amigos do clima e expandir ainda mais a gama no setor de catering”. 

As refeições serão feitas em conjunto, usando os produtos da Veganz, como sua carne moída de soja e as salsichas veganas para churrasco. Vale mencionar que alguns dos alimentos foram feitos pela Veganz especialmente para essa colaboração. 

Um dos motivos para a parceria é a meta da Aramark, que desenvolveu uma estratégia de sustentabilidade, sendo que o crescimento de seu portfólio vegano faz parte de seus objetivos.

Outros acordos que a empresa fez com marcas veganas e/ou à base de plantas foram com a Beyond Meat (hambúrgueres, salsichas e crumbles), Eat Just (ovo à base de plantas) e Ocean Hugger Food (atum plant-based). 

A sustentabilidade e o veganismo

Como já falamos aqui no Vegan Business, a sustentabilidade e o veganismo andam juntos. 

Para produzir um quilo de carne são utilizados 15.400 quilos de água, além da pecuária causar muito desmatamento. 

Afora esses problemas, a carne é responsável por 57% das emissões de gases de efeito estufa, segundo um estudo publicado na revista científica Nature. 

No ano passado, a mudança para uma dieta sem produtos de origem animal foi incentivada por ONGs a fim de proteger o clima. 

Vendo esses dados, dá para perceber que o veganismo vai muito além de proteger os animais, abrangendo todo nosso planeta. 

Sobre a empresa de alimentação vegana 

Quer saber mais sobre a Veganz? 

O conselho de administração da empresa é composto por Jan Bredack (CEO), Alexandra Vázquez Bea (CFO), Anja Brachmüller (COO) e Moritz Möller (CMO).  

A marca foi fundada em 2011, e possui um portfólio de 120 produtos em 17 categorias, estando disponível em mais da metade de todos os países europeus e em mais de 22 mil pontos de vendas globalmente. 

Conforme o Vegconomist, a empresa realizou um IPO em 2021 que foi bem-sucedido e levantou € 34 milhões, isso ajudou a expandir a marca e a estabelecer um novo local de produção. 

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também: 

84% das empresas desejam ingredientes nacionais para produtos vegetais

52% dos estadunidenses creem que o futuro da alimentação é plant-based

Alimentação sustentável: como aplicar esse conceito na sua vida?

*Imagem de capa: Reprodução Veganz / via Facebook @veganz 



por Amanda Stucchi em 12 de janeiro