A empresa de carne cultivada, New Age Meats, localizada nos Estados Unidos, levantou US$ 25 milhões em uma rodada da Série A. Quem liderou o investimento foi a Hanwha Solutions da Coreia do Sul, além dessa empresa também participaram a SOSV’s IndieBio, TechU Ventures, ff VC e a Siddhi Capital. 

Com o valor, a marca produzirá seu primeiro produto, as linguiças de porco, para disponibilizar ao público. Também aumentará a sua equipe, expandirá a pesquisa e desenvolvimento, além de construir uma fábrica piloto de 20 mil pés quadrados (mais de 1.800 metros quadrados). 

Brian Spears, CEO da empresa, disse ao Tech Crunch: “Queremos criar um processo sustentável e humano que forneça os mesmos sabores, cheiros e experiência de uma forma acessível. Com o apoio da Hanwha e de nossos outros investidores, podemos seguir nossa missão de nos tornar a maior e mais inovadora empresa de carnes do planeta”. 

Vale dizer que a marca espera entrar no mercado em 2022, após a aprovação de venda de carne cultivada pela Food and Drug Administration nos Estados Unidos. 

Já falamos aqui no Vegan Business que essa aprovação pode chegar logo: segundo Mirte Gosker (diretora gerente do Good Food Institute da Ásia Pacífico), em matéria da New York Times, a aprovação regulatória pode chegar ainda esse ano nos Estados Unidos. 

Além disso, a New Age Meats também vê a Ásia como um mercado com grande demanda por carne de porco, o que pode mostrar um possível interesse em atuar também na região. 

Fundador Brian Spears

Imagem do Brian Spears: Divulgação New Age Meats

Outros investimentos recentes em carne cultivada 

Além dessa marca, outras empresas de carne cultivada receberam investimentos recentemente. 

Nesse mês, a GOOD Meat levantou US$ 97 milhões e irá utilizar esse valor para investir na pesquisa e desenvolvimento de seu portfólio de carne cultivada.  A Mosa Meat e a Aleph Farms, duas marcas que trabalham com a carne cultivada, também receberam um investimento da celebridade Leonardo DiCaprio.

O ator disse em um comunicado: “A Mosa Meat e a Aleph Farms oferecem novas maneiras de satisfazer a demanda mundial por carne bovina, enquanto resolvem algumas das questões mais prementes da atual produção industrial de carne bovina”. 

Sobre a New Age Meats 

Quer saber mais sobre essa empresa? 

A marca foi fundada em 2018 por Brian Spears, um engenheiro químico. Anteriormente, ele co-fundou a Sixclear, empresa que criava softwares e produtos para automatizar os laboratórios de pesquisa e ambientes de produção de clientes, atendeu até a NASA! 

“Na New Age Meats, acreditamos que todos deveriam ser capazes de comer carne verdadeira e deliciosa sem sacrifício. Temos o compromisso de produzir carne intensamente saborosa, que é melhor para você, para os animais e para o planeta”, afirma a página da empresa

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também: 

O Que é Value Investing e Como Funciona Essa Estratégia? 

Foodtechs brasileiras faturarão R$ 376 milhões em 2026

Celebridades: Leonardo DiCaprio investe na Mosa Meat

*Imagem de capa: Divulgação New Age Meats (via Meat + Poultry)



por Amanda Stucchi em 30 de setembro