A GOOD Meat, foodtech de carne cultivada da Eat Just, levantou US$ 97 milhões no seu novo investimento. Quem participou da rodada foi a Graphene Ventures, Resilience Reserve, UBS O’Connor,  K3 Ventures e o empresário mexicano Fernando Chico Pardo, entre outros. 

Esse novo aporte eleva o total de investimentos da GOOD Meat para US$ 267 milhões, com o novo valor a empresa irá investir na pesquisa e desenvolvimento de seu portfólio de carne cultivada. 

Vale mencionar que a GOOD Meat vende carne cultivada no primeiro (e único) país que aprovou a comercialização desses produtos. O acontecimento ocorreu no restaurante 1880, em Cingapura, onde  o público pode provar frango cultivado. O produto também foi comercializado na Foodpanda (um delivery). 

Além disso, nesse ano a empresa começou a vender no Madame Fan, outro estabelecimento do país, que substituiu o frango de origem animal pelo da marca. 

O co-fundador Josh Tetrick disse à época em um comunicado sobre esse marco: “Cingapura é líder em inovação de todos os tipos, desde tecnologia da informação até produtos biológicos, e agora é líder mundial na construção de um sistema alimentar mais saudável e seguro. Tenho certeza de que nossa aprovação regulatória para carne cultivada será a primeira de muitas em Cingapura e em países ao redor do globo”. 

Ele acrescentou: “Trabalhando em parceria com o setor agrícola mais amplo e legisladores com visão de futuro, empresas como a nossa podem ajudar a atender ao aumento da demanda por proteína animal à medida que nossa população sobe para 9,7 bilhões em 2050”. 

Enquanto anunciou o novo investimento de US$ 97 milhões, a GOOD Meat também avisou que contratou novas pessoas para a equipe. Uma delas é o Dan Glickman, ex-secretário de Agricultura dos Estados Unidos e membro da Câmara dos Representantes do país, em uma posição no Conselho Consultivo. 

Outra novidade é que a empresa relatou esse mês que irão construir uma fábrica de carne cultivada no Qatar, localizada no bairro Umm Al Houl, próximo ao porto de Hamad. Isso ocorreu devido a uma parceria da Eat Just com a Doha Venture Capital (DVC) e Qatar Free Zones Authority (QFZA). 

Sobre a foodtech de carne cultivada

Tem curiosidade em saber mais detalhes sobre a GOOD Meat? 

A empresa é uma divisão da Eat Just, fundada por Josh Tetrick e Josh Balk. É dito na página da foodtech: “GOOD Meat é uma nova marca da Eat Just, Inc., uma empresa de alimentos que aplica ciência e tecnologia para criar alimentos seguros, saudáveis ​​e mais sustentáveis”. 

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também: 

Indústria de carne cultivada levantou US$ 366 milhões em 2020

O que é equity? Conceito e os principais tipos de equity (2021)

Fundo de proteínas alternativas levanta US$ 80 milhões

*Imagem de capa: Eat Just/GOOD Meat (via Green Queen)

Por Amanda Stucchi em 23 de setembro