Manda um alô pra gente!
Preencha os campos abaixo e nos envie seu recado!
Fique por dentro
do crescimento
do mercado
vegano

,

O que é equity? Conceito e os principais tipos de equity (2022)

O termo equity pode ser interpretado de algumas formas, sendo as principais: o indicador do balanço patrimonial de uma empresa que orienta sobre sua saúde financeira ou, nos investimentos, pode ser considerado o direito de participação societária e nos lucros de uma empresa em troca da compra de ações.

 

O mundo financeiro tem seu próprio glossário, são termos que muitas pessoas ficam em dúvida do significado, mas que são muito importantes de se levar em consideração na hora de montar sua carteira.

Equity é um deles, é um conceito fundamental para quem inicia nos investimentos de renda variável ou para quem deseja uma alternativa para diversificar a carteira.

Além disso, é uma ótima forma de investir e apoiar empresas reais e inovadoras que estão construindo o caminho para um futuro mais sustentável.

Por isso, hoje trouxemos este artigo para explicar o que exatamente equity significa e como ele se encaixa nos seus futuros investimentos. Boa leitura!

O que é equity?

Equity é uma palavra em inglês relacionada a vários conceitos, mas pode ser traduzida como patrimônio, quando relacionado ao balanço patrimonial de uma empresa.

O equity de uma empresa representa a totalidade das suas propriedades e é um indicador do quão saudável o negócio está em termos financeiros. Através dele pode-se identificar se há uma boa oportunidade de investimento.

Para definir o equity de uma empresa, existe um cálculo que é:

Ativo – Passivo = Equity (Patrimônio)

Se uma empresa vendesse todos os seus ativos (propriedades, equipamentos, investimentos, contas a receber, etc) e ao deduzir seus passivos (contas a pagar, dívidas, impostos e empréstimos) o valor restante (equity) for substancial, isso significa que a empresa será uma oportunidade melhor para investidores lucrarem.

Mas não é apenas o equity que positiva essa análise e ajuda o investidor a tomar uma decisão.

Existe também um indicador chamado ROE (Return on Equity/Retorno sobre o Patrimônio Líquido) que define se o lucro líquido da empresa gera um bom retorno sobre o equity.

Esse cálculo é feito da seguinte forma: Lucro Líquido / Equity x 100.

Além disso, o equity é um indicador que os bancos levam em consideração no momento em que fazem a análise para empréstimos.

Como funciona o conceito de equity em investimentos?

No cenário de investimentos, ter equity equivale a possuir uma parte de uma empresa.

Ou seja, quando você compra ações ordinárias ou preferenciais de uma empresa, você recebe equity em retorno e tem participação societária.

O investimento em equity pertence entre os investimentos de renda variável de longo prazo, já que o retorno oferecido não é uma taxa fixa, depende dos resultados que a empresa terá e não há uma estimativa certa de rentabilidade.

Isso serve para empresas de capital aberto, na bolsa de valores, ou para empresas de capital fechado. Mas no segundo, a forma de investimentos é através do private equity, do venture capital ou do equity crowdfunding.

Entenda os diferentes tipos de equity e modalidades de investimento

Para investir e participar dos resultados de uma empresa com grande potencial de crescimento existem algumas opções no mercado.

Você pode selecionar ações disponíveis na bolsa de valores ou através de fundos de investimento ou rodadas de equity crowdfunding.

Private Equity

O private equity é um dos tipos de fundo de investimentos chamados de estruturados, onde os investidores compram cotas e deixam seu capital nas mãos de administradores responsáveis por escolher e investir nas melhores opções de acordo com a finalidade e perfil de risco do fundo.

No primeiro trimestre de 2021, os investimentos em private equity e venture capital tiveram uma alta de 88%, atingindo R$10,71 bilhões.

Essa modalidade de investimento geralmente é direcionada para o público de investidores com um patrimônio maior, sendo que os aportes normalmente são de valores consideráveis.

Uma regra da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) determina que apenas investidores qualificados ou profissionais podem ter acesso a esses fundos.

Os investimentos de private equity são realizados normalmente em empresas de grande porte e já consolidadas no mercado, mas que ainda não abriram capital na bolsa.

Com o objetivo de ajudar a melhorar a administração e processos para que a empresa se desenvolva, os investidores acabam lucrando com a abertura de capital através do IPO ou na venda da empresa.

Equity Crowdfunding

O equity crowdfunding é uma modalidade de investimento com o objetivo de captar recursos para startups, para que elas se desenvolvam e cresçam no mercado.

Parecido com as famosas vaquinhas, ou crowdfundings, o equity crowdfunding é um tipo de financiamento coletivo que permite que qualquer pessoa invista em startups que estão em fase inicial de desenvolvimento.

A diferença aqui é que em troca do investimento, o investidor recebe equity e se torna sócio da empresa, com direito a uma porcentagem dos lucros. Normalmente isso é oferecido através de quotas ou títulos conversíveis.

Diferente do private equity que é exclusivo para investidores qualificados, o equity crowdfunding não exige uma conta bancária abundante. A modalidade de investimento abriu espaço para investidores iniciantes participarem com aportes a partir de R$1000,00 (às vezes até menos).

Os investimentos são feitos através de rodadas de investimentos realizadas em plataformas online que disponibilizam os perfis das startups com todas as informações necessárias para que o investidor faça uma escolha consciente.

Home Equity

Além das modalidades de investimentos, existe também o home equity, um tipo de empréstimo com imóvel de garantia, comum nos Estados Unidos e Europa e que está crescendo cada vez mais no Brasil.

Basicamente, ao buscar um empréstimo em uma instituição financeira, uma pessoa física ou jurídica concorda em utilizar um imóvel próprio já quitado como garantia para o crédito pedido até que o valor seja quitado.

Nesse caso, a propriedade do imóvel é transferida para a instituição financeira, uma garantia que possibilita a cobrança de juros mais baixos e um prazo maior de pagamento – por conta dos menores riscos de inadimplência.

Brand Equity

Outro tipo de equity, mas este sendo voltado para área de marketing, é o brand equity que é, basicamente, o valor de marca.

É o valor agregado a um produto ou serviço pelo nome da marca. Não é algo tangível, ele é composto por critérios mais abstratos como a percepção de valor dos clientes que influencia na imagem da marca e, consequentemente, nos lucros que ela tem no mercado.

Esse valor de mercado é construído através de anos de marketing e publicidade e a partir do desenvolvimento de uma base de clientes leais.

Como participar em investimentos de equity e obter retornos maiores

A primeira coisa a se levar em consideração ao pensar em investir nessa modalidade é que os riscos são mais altos e o prazo mais longo, mas isso também significa que as possibilidades de retorno são muito maiores do que os investimentos em renda fixa.

É importante ter um planejamento cuidadoso e se certificar de que esse tipo de investimento se encaixa no seu perfil de investidor, afinal será necessário lidar com a possibilidade de que a empresa ou startup não tenha sucesso.

Se você já estudou, tirou todas as suas dúvidas e tem certeza de que está no caminho certo ou se você já é um investidor com mais experiência em busca de diversificar sua carteira com investimentos alternativos, então o próximo passo é começar.

Para investir em fundos de private equity, se você é um investidor qualificado, basta acessar a conta na sua corretora e procurar por investimentos alternativos na plataforma, escolhendo o que melhor se encaixa nos seus objetivos.

Já os investimentos em equity crowdfunding são realizados através de plataformas online autorizadas pela CVM. Você cria sua conta na plataforma escolhida e seleciona a empresa onde deseja investir.

São várias as plataformas disponíveis, você deve avaliar o histórico, projetos disponíveis, as taxas de retorno e sempre escutar quem já fez algum tipo de investimento por ali para ter um feedback.

Lembrando que nem sempre as maiores plataformas vão fazer sentido para o que você procura, tudo depende dos objetivos que você traçou e do tipo de empresas das quais você quer fazer parte.

O Vegan Business será a primeira plataforma de equity crowdfunding conectando empreendedores do mundo plant-based com investidores que desejam apoiar a economia real e verde, buscando um impacto positivo no planeta. Se você tem interesse, clique aqui e se inscreva.

Exemplos de investimentos em equity de sucesso:

  • Meatless Farm – empresa de carne vegana captou £2,9 milhões através do equity crowdfunding com aportes a partir de 10 libras na plataforma Crowdcube (essa é a maior plataforma britânica de equity crowdfunding, que impulsionou 19% dos unicórnios britânicos).
  • Miyoko’s Creamery – uma empresa de queijo vegano captou US$52 milhões em uma rodada liderada por um fundo de equity, o PowerPlant Partners.
  • Compound Foods – a marca de café de fermentação microbiana, que utiliza biotecnologia para produzir um café sem grãos, captou U$ 4,5 milhões em rodada seed.

Conclusão

Agora que o conceito ficou mais claro, você tem o conhecimento necessário para analisar melhor as empresas que entrarão na sua carteira e fazer as escolhas que vão te trazer mais retorno no longo prazo.

Além disso, você tem a possibilidade de fazer investimentos alternativos para diversificar sua carteira e apoiar as startups veganas que tem um alto potencial de expansão e que estão desenvolvendo os produtos e serviços do futuro.

Aqui no Vegan Business trazemos informações sobre o mercado de investimentos plant-based para você se manter antenado, acompanhe nossas redes sociais e inscreva-se na nossa newsletter para não perder as principais notícias.

Leia Também:

O Que é Investimento Anjo e Como Funciona? Guia Completo!

O Que São Investimentos Alternativos? Um Guia Completo e Principais Exemplos

 

 

 



por Leticia Rocha em 21 de setembro

Compartilhe:
Vegan Business NewsletterReceba as principais notícias sobre o mercado vegano por e-mail.
Quer investir em negócios veganos?Preencha os dados abaixo que entraremos em contato