A marca de carne vegana Meatless Farm levantou £2,9 milhões em um equity crowdfunding na plataforma Crowdcube, com mais de 3 mil investidores, que podiam investir a partir de 10 libras. A campanha ainda durará 16 dias, porém, a marca atingiu sua meta de £2 milhões em seis horas após o lançamento, e estendeu o prazo de investimento. Conforme informações, a empresa cresceu rápido no ano passado e já trabalhou com marcas como Tesco, Sainsbury’s, Pret, Itsu e a Whole Foods & Brakes. 

O valor levantado auxiliará a empresa a impulsionar a marca e a categoria, para avançar em direção a ambição de ter um sistema alimentar global verdadeiramente sustentável. É dito na página da campanha: “O total dessa rodada de investimento financiará a inovação, expansão e trabalho para o status de B-Corp, pois incorporamos nosso compromisso com o crescimento regenerativo dos negócios e temos como objetivo o crescimento de uma nova geração baseada em plantas”. Também utilizarão a somatória para adicionar coberturas de pizzas, frango e almôndegas ao seu portfólio.

O founder da marca, Morten Toft Bech, também falou em um comunicado sobre seus consumidores: “É ótimo ver que tantos valorizam a importância e a oportunidade dos alimentos à base de plantas, e também se juntam a nós como investidores”. 

Um dos investidores foi o ciclista Mark Cavendish, que adota uma dieta flexitariana, ou seja, na maior parte do tempo segue uma alimentação vegetariana e eventualmente come carne. O atleta está trabalhando em colaboração com a marca e adotando mais alimentos à base de plantas em sua dieta, ele falou à imprensa: “Todos nós precisamos fazer a nossa parte para ajudar o meio ambiente e reduzir a quantidade de carne que comemos é uma parte fundamental disso”, tendo acrescentado: “[…] Eu realmente acredito que comer dessa forma é o futuro para todos nós, por isso eu estava tão ansioso para investir na Meatless Farm quando tive a oportunidade”. 

Sobre a marca de carne vegana Meatless Farm

Em 2016, o founder Morten Toft Bech criou a Meatless Farm, visando trazer opções saborosas e inspiradoras à base de vegetais para o mercado. Atualmente a marca está presente em mais de 20 países, como os Estados Unidos, Alemanha, Espanha e regiões da Ásia Pacífico, oferecendo em seu portfólio carne picada, hambúrgueres e salsichas. Além disso, conforme informações da empresa, seus produtos são 100% adequados para os veganos, não possuem glúten, nem são geneticamente modificados. 

Vale também destacar que, segundo a avaliação do cientista ambiental Dr. Joseph Poore, os alimentos à base de plantas da empresa, como sua carne picada, produzem 94% menos gases de efeitos estufas do que a carne de origem animal. A empresa também possui embalagens recicláveis em seus produtos. 

Aproveite e leia também:

Startup de frango  vegano levanta mais US$ 20 milhões em rodada

Marca de carne cultivada levanta US$ 10 milhões em investimento



por Amanda Stucchi em 20 de julho