A Next Gen Foods, startup de frango vegano da marca TiNDLE, levantou US$ 20 milhões na extensão da rodada de investimento seed, no total a empresa conseguiu US$ 30 milhões, e se tornou o negócio com maior investimento seed para o mercado plant-based. Essa rodada teve participações do Global Fund GGV Capital, Bits x Bites, Yeo Hiap Seng, Chris Yeh, e a participação de um grupo de atletas conhecidos, que também incluiu o jogador de futebol Dele Alli, da seleção inglesa. A empresa tem uma valuation de US$ 180 milhões. 

O co-founder e CEO, Andre Menezes, relatou ao Green Queen: “[…] O sucesso significa para nós o fato de que construímos um modelo de negócios extremamente escalável com fundamentos sólidos, uma equipe forte e grande tração — o que, por sua vez, permitiu que os investidores de alto nível tivessem a confiança de fazer parte de nossa jornada”.

A sócia gerente da GGV Capital (empresa investidora), Jenny Lee, também acrescentou à imprensa: “Nossa parceria com a equipe NextGen é sustentada por nosso compromisso com fundadores que mostram verdadeira paixão e talento para resolver os desafios fundamentais do nosso tempo — a sustentabilidade alimentar é um deles”.

Startup de frango vegano - marca TiNDLE
Imagens: Divulgação da TiNDLE (da NextGen Foods)

Com o valor, a empresa espera se lançar no mercado dos Estados Unidos nos próximos 12 meses. É interessante ressaltar que no país, 47% dos jovens (24 a 39 anos) se identificaram como flexitarianos, de acordo com uma pesquisa da One Poll, com 2000 participantes, encomendada pela Sprouts Farmers Market. Os Estados Unidos é um dos maiores mercados de alimentos plant-based, logo, a empresa visa contratar 50 funcionários em todos os departamentos para auxiliar em seu lançamento no país. 

Também utilizará o valor adicional para continuar a expandir nas regiões da Ásia Pacífico e do Oriente Médio. Ademais, visa expandir sua tecnologia, estabelecer um centro de pesquisa e desenvolvimento em seu país de origem, Cingapura, e diversificar a linha de produtos em seu catálogo. No futuro, a NexGen Foods também deseja expandir a marca para a Europa, utilizando o valor que levantará em uma rodada da Série A.

Sobre a startup de frango vegano NextGen Foods

A Next Gen Foods foi fundada pelo engenheiro mecânico Andre Menezes e por Timo Recker. O primeiro foi expatriado pela empresa BRF em Cingapura, com o objetivo de internacionalizar a Sadia e, mesmo o projeto não tendo dado certo, ficou no país para empreender, já Timo Recker era dono da foodtech Like Meat, que acabou vendendo. 

A empresa surgiu no meio da pandemia do coronavírus, e planeja não ter fábricas ou distribuição própria, contando com as parcerias para escalar o negócio. Uma curiosidade é que, conforme o veículo Pipeline, a startup também tem planos de vir para o Brasil (mas ainda não existe uma data definida). 

Aproveite e leia também: 

Marca plant-based levanta US$ 3 milhões em rodada 

Empresa de carne cultivada levanta US$ 105 milhões em rodada



por Amanda Stucchi em 15 de julho