A marca de carne cultivada Gourmey, que oferece em seu portfólio aves (como o foie gras) sem crueldade animal, levantou US$ 10 milhões em uma rodada de investimento seed, liderada pelo Point Nine e Air Street Capital, empresas de venture capital. Também participaram da rodada a Heartcore Capital, Partech, Big Idea Ventures, Eutopia, Ataraxia, Beyond Investing, investidores anjos e instituições públicas, como a Bpifrance, um banco de investimento público francês, e a Comissão Europeia.

Com o valor, a marca aumentará sua capacidade de produção para entrar no mercado no final de 2022 ou começo de 2023, é importante ressaltar que a empresa está trabalhando com as agências regulatórias para colocar esse plano em prática, já que é necessária a autorização para a venda desse produto. Além disso, a intenção da marca é vender sua carne cultivada para restaurantes.

O CEO da empresa, Nicolas Morin-Forest, disse à imprensa: “Nossa missão é reimaginar a carne para nossa geração intransigente e consciente, para que tenhamos a chance de alimentar 10 bilhões de pessoas sem devastar nosso meio ambiente. As aves são as carnes mais consumida e de crescimento mais rápido no planeta, por isso é uma escolha óbvia para maximizar nosso impacto”.

Nicolas também falou um pouco sobre a estratégia da empresa: “Nós nos concentramos em carnes cultivadas que podemos entregar com preço e sabor com paridade mais rápida, que é o principal desafio para o setor. Foie gras, a carne de frango mais premium e luxuosa do planeta, com um mercado de US$ 2 bilhões, é nosso principal produto. Outras carnes premium de pato, frango e peru, das melhores raças, estão chegando”, em tradução livre.

Outra declaração para o veículo foi a do sócio-gerente da Point Nine, Christoph Janz, que falou: “[..] Ficamos realmente impressionados com os deliciosos produtos da Gourmey e a capacidade da empresa de progredir tanto na ciência, quanto no sabor, em velocidade recorde”. Além dele, o sócio-gerente geral da Big Idea Ventures, Andrew Ive, também relatou: “Adoramos o foco inicial da Gourmey nas artes culinárias e carnes premium, pois a adoção do chefe será fundamental para o sucesso da carne cultivada”.  

A produção tradicional do foie gras é feita engordando o fígado do pato ou do ganso. Dessa forma, seus fígados crescem até 10 vezes seu tamanho normal e isso pode prejudicar o animal de andar ou respirar. Felizmente, segundo o New York Times, a produção desse produto já está banida na Grã-Bretanha, Finlândia, Israel e Noruega.

Sobre a marca de carne cultivada Gourmey

“Acreditamos em um mundo onde espetáculo e suculência compartilham uma mesa com sustentabilidade e impacto positivo [..]”, é dito no site da marca. Essa é uma empresa francesa, sediada em Paris, que foi fundada no ano de 2019, pelo Nicolas Morin-Forest. Conforme a Partech, o foie gras da empresa é um produto pioneiro no mundo.

Time da marca de carne cultivada
Imagem do time da empresa: Divulgação Gourmey

Aproveite e leia também:

Startup de frango vegano levanta mais US$ 20 milhões em rodada

Marca plant-based levanta US$ 3 milhões em rodada



por Amanda Stucchi em 19 de julho