Várias empresas estão trazendo opções de calçados sustentáveis para o público consumidor. Só esse mês o Vegan Business falou sobre a Nike, com seu tênis feito de fibra de abacaxi, a Vans, que lançou a coleção Eco Theory nos Estados Unidos, e até mesmo a marca de luxo Gucci, que anunciou um calçado de couro vegano. Isso demonstra que várias empresas estão percebendo o impacto que possuem no meio ambiente e criando mais produtos sustentáveis. 

Porém, as novidades não param por aí quanto aos sapatos sustentáveis. 

Havaianas 

A Havaianas, marca famosa de sandálias de borracha brasileira, também tem tido iniciativas a respeito da sustentabilidade. A empresa anunciou em junho seu programa global chamado de “Havaianas reCICLO”, para o público dar um destino correto para os chinelos que desejam descartar. Isso tudo com parceria da TrashIn, uma startup que é especializada na gestão de resíduos. 

Veja como funciona esse programa: 

  • O consumidor leva suas havaianas para um ponto de coleta das lojas participantes, depositando o produto em uma urna coletora; 
  • A empresa faz uma triagem para definir o destino do produto, se estiver em bom estado, é higienizada e encaminhada para doação; 
  • Mas, se o produto não puder ser doado (estando em um mau estado), é encaminhado para a reciclagem, no qual pode ganhar um novo ciclo de vida se transformando em tapetes, pneus, ou obras de arte!

Atualmente, os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Recife estão listados no site do programa, com os respectivos endereços das lojas. Também é explicado que a rota logística das Havaianas usadas é carbono zero, já que as coletas são feitas de bicicleta em algumas lojas, e existe compensação do carbono emitido pelos outras modalidades de transporte através do plantio e preservação de árvores da Amazônia. Também é necessário ressaltar que o programa não tem só um impacto ambiental, pois auxilia na geração de renda das famílias que trabalham em cooperativas de reciclagem parceiras. 

Calçados sustentáveis: Havaianas
Imagem: Divulgação Havaianas

Cariuma 

A Cariuma, marca com consciência ambiental, lançou uma edição limitada de um tênis feito de plástico reciclado, com sola de EVA de cana-de-açúcar, sendo vegano. Além disso, a palmilha é de cortiça e tem óleo de mamona. 

Mas não é só essa novidade, a cada compra desse tênis a empresa promete retirar um quilo de lixo de oceanos, rios ou litorais.  Tudo isso por conta da parceria da marca com a 4Ocean, a organização retira lixo dos oceanos e cria pulseiras recicladas para vendas, sobre essa parceria a Cariuma falou à imprensa: “Com otimismo desafiador, nossos amigos da 4ocean estabeleceram as bases com uma abordagem ativa para acabar com a poluição do plástico do oceano”. 

Essa linha tem dois designs, com a cor azul ou branca, que são vendidos a US$ 98 (R$ 485). É possível encontrar os tênis no e-commerce da 4Ocean e a empresa entrega internacionalmente, em um período de 10 a 14 dias.

Calçados sustentáveis: Cariuma
Imagem: Divulgação da Cariuma via Instagram

MoEa

Essa é uma marca de calçados francesa, com cinco cores diferentes, e sabe o que é legal? Cada uma delas corresponde a um tipo de couro sustentável diferente. Dessa forma, o cliente pode escolher uma cor sólida ou um sapato inteiramente branco com detalhes para preservar o planeta. Além disso, o forro do calçado sustentável é feito com 70% de bambu reciclado e sua sola é de 40% de borracha reciclada, com palmilhas de madeira reutilizada. Também tem aprovação da PETA e são feitos artesanalmente em Portugal, sendo possível reciclá-los quando se desgastarem. 

As opções de couro sustentável disponíveis é o de maçã, abacaxi, milho, cacto e uva. O CEO e founder disse à Vegconomist: “O tênis padrão é feito de couro ou plástico, materiais altamente poluentes e cruéis para os animais. É por isso que lançamos a MoEa – para criar tênis que oferecem o mesmo nível de estilo e conforto que você esperaria ver em seu par de couro favorito, garantindo que o planeta não seja uma espécie de reflexão tardia sem sentido e que os animais não sejam tratados com crueldade”. A empresa criou uma campanha no Kickstarter para lançar os tênis, o site de financiamento coletivo busca apoiar projetos inovadores, logo, a empresa  conseguiu mais do que sua meta. Anteriormente estavam com uma meta de US$ 11.900, e atingiram mais de US$ 45.000.

Calçados sustentáveis: MoEa
Imagem: Divulgação da MoEa

Insecta Shoes

Outra marca que trabalha com calçados sustentáveis no Brasil é a Insecta Shoes, a empresa é nacional e surgiu em Porto Alegre no ano de 2014, criada por Bárbara Mattivy e Pamela Magpali. Neste mês, fez uma colaboração com a Renner, que contou com peças de roupa, bolsas e seus calçados sustentáveis. A empresa já nasceu com um DNA de upcycling, pois transformava roupas de brechó em sapatos, mas, a medida que cresceu começou a usar garrafas plásticas para transformá-las em tecidos e borracha reciclada no solado. Seus sapatos são unissex, veganos e ecológicos, é dito no site da empresa: “Estamos sempre pesquisando e procurando novas soluções e melhorias em termos de materiais. Tudo sem crueldade, e melhor ainda: certificado pelo selo do Peta“.

A empresa também fornece um relatório de impacto, onde existe um cálculo que afirma que cada par do Insecta Shoes utiliza 5 garrafas PETs recicladas e 0,22 kg de borracha reciclada. Além disso, desde que a empresa foi fundada, ela utilizou mais de 88 mil garrafas plásticas recicladas e mais de 2.400 metros de tecido reaproveitado, para citar alguns dados.

Calçados sustentáveis: Insecta Shoes
Imagem do calçado da Insecta Shoes: Divulgação Renner

Ahimsa 

A Ahimsa é uma marca de calçados brasileira vegana, fundada em 2013, tendo como missão questionar hábitos, respeitar toda forma de vida, produzir de forma sustentável e inspirar atitudes conscientes. Seu manifesto diz: “Rompemos hábitos, confrontamos comportamentos, encontramos paz de estilo (e espírito). Esta é a forma que nos vestimos. Se existem padrões, é assim que os questionamos”.

A empresa foi criada pelo Gabriel Silva, que era piloto profissional, mas precisou abandonar essa carreira por conta da diabetes mellitus. Dessa forma, trabalhou com seu pai em uma empresa de agenciamento de calçados e acessórios convencionais, entretanto, após se tornar vegano, ele entrou em um conflito interno e decidiu criar a própria marca. Até mesmo o nome da empresa faz par com a mensagem que a empresa deseja transmitir, já que Ahimsa, em hindu, significa “não fazer mal”.

Outra curiosidade sobre a Ahimsa é que ela possui uma fábrica 100% vegana, não contando com produção terceirizada.

Calçados sustentáveis: Ahimsa
Imagem: Divulgação Ahimsa

Aproveite e leia também: 

9 marcas de calçados veganos: conforto e elegância sem crueldade 

Conheça os calçados veganos e sustentáveis da Linus



por Amanda Stucchi em 30 de junho