A Bloom Fast Good é um fast food vegano que levantou R$ 10 milhões da holding Nutramerica, empresa dona da Atlhetica Nutrition, fabricante de suplementos alimentares que também disponibiliza opções veganas e vegetarianas em seu portfólio. 

A empresa também lançou recentemente uma unidade no Shopping JK Iguatemi, na cidade de São Paulo. Vale destacar que no final de 2021 o restaurante já tinha feito uma operação on-line e criou um estabelecimento temporário no bairro Riviera de São Lourenço, localizado em Bertioga, com o objetivo de validar seu produto mínimo viável (MVP).

“Melhor para você e para o planeta! Saboroso, zero caloria vazia, funcional, zero impacto ambiental e inovador! Esse é o fast good do futuro!”, comentou o estabelecimento em sua rede social

O empreendimento foi criado por Fabio Munno (CEO) que se uniu com Amanda Albaricci de Angelis (CMO) e Ricardo Armando de Angelis (CFO), sócios proprietários da Atlhetica Nutrition. 

A empresa também pretende desenvolver categorias de produtos estratégicos para locais como supermercados, farmácias e lojas de conveniência, bem como inaugurar oito unidades em shoppings da cidade de São Paulo até o final de 2022. O objetivo é atingir 42 estabelecimentos em 2023 com alguns sendo no sistema de franquias e ampliando para outras cidades, como apontou o NeoFeed

O fast food vegano Bloom também é sustentável 

Faça parte da comunidade da Vegan Business no WhatsApp: Notícias | Investidores

A empresa também busca ser sustentável, já que não utiliza plástico, empregando embalagens biodegradáveis (plant-based) ou feitas de papel. Ainda, conforme apontou a coluna Viagem & Gastronomia da CNN, a operação do estabelecimento funciona de modo 100% elétrico. Outra conquista foi a certificação obtida como o primeiro fast food carbono neutro do Brasil. 

“Em três meses do primeiro contato com o público, a Bloom já conquistou a certificação como o primeiro fast food carbono neutro do país e, até onde há informação disponível, de toda a América”, comentou o Shopping JK Iguatemi em seu blog

O estabelecimento possui produtos como hambúrguer, batata frita, milk shakes, chocolates, refrigerantes, sorvetes e chás, recriando esses produtos e visando transformá-los em uma nutrição funcional no qual o consumidor não abre mão do prazer do fast food. Logo, os alimentos recebem a inclusão de nutrientes e suplementos para o bem-estar dos clientes. 

Para quem desejar experimentar o fast food, o estabelecimento está no Piso 3 (Praça de Alimentação) do Shopping JK Iguatemi, localizado na Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041 – Vila Olímpia. 

Detalhes sobre o mercado global

Quer saber como está o mercado global de fast food vegano? 

Conforme o Verified Market Research, o setor atingirá US$ 40,25 bilhões até 2028, crescendo a um CAGR de 11,40% entre o período de 2021 e 2028. As razões para isso são: mais conscientização sobre as vantagens de seguir uma dieta vegana, bem como maior preocupação com o bem-estar animal e a crueldade na indústria de alimentos. Outro fator é a maior atenção a respeito dos problemas de saúde e o bem-estar. 

Além disso, também é possível perceber uma maior adoção de produtos veganos e/ou plant-based nas grandes redes de fast food. Por exemplo, as três opções veganas na Pizza Hut da Alemanha, o queijo vegetal do Subway, lançado durante o Veganuary em Portugal, e o frango plant-based do KFC nos Estados Unidos, introduzido por tempo limitado no começo desse ano (sem origem animal, mas que compartilha os equipamentos utilizados em outras receitas). 

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também: 

Restaurante do Jurassic Park em São Paulo tem hambúrguer vegano

Passeio turístico em São Paulo com sugestões veganas? Temos!

10 restaurantes veganos em São Paulo para você se deliciar

*Imagem de capa: Divulgação Bloom Fast Good

Por Amanda Stucchi em 6 de julho