O aplicativo Veganzone conecta os usuários veganos e vegetarianos. Aqui é possível socializar, criar eventos, fazer perguntas, descobrir restaurantes e receitas,  postar sobre seus assuntos prediletos e conhecer novas pessoas. 

Essa semana o aplicativo saiu do modo beta e começou a ser lançado em 196 países, com o objetivo de aumentar a comunidade vegana. 

O aplicativo Veganzone

Para ter uma ideia, há diversas opções de recursos no app: você pode escanear  o código de barra dos produtos para descobrir se são veganos e livres de crueldade, calcular o impacto que ser vegano trouxe ao meio ambiente (economizando CO2, água, metros de florestas e grãos), ver os restaurantes próximos, descobrir receitas e ainda se informar com notícias veganas.

Murat Aksu, fundador e empreendedor do aplicativo, falou em um comunicado: “O Veganzone está aqui para garantir que todos os interessados ​​em um estilo de vida à base de plantas se sintam em casa, possam fazer perguntas, aprender facilmente e compartilhar suas experiências, pois queremos que o veganismo seja acessível a todos”. 

Ele também afirmou que a plataforma é promovida pelos vegetarianos, já que muitos desejam se tornar veganos: “Por isto que o número de veganos em todo o mundo está apresentando um aumento exponencial”. 

O app foi criado em março de 2021, feito pela equipe Selin Tuyen, Murat Aksu e Ogus Chan Ali. Acabou recebendo seu primeiro investimento do Focus Global Project e teve valuation de US$ 3 milhões em março, a próxima rodada de investimento está prevista para acontecer em fevereiro de 2022. 

Vale mencionar que a plataforma também foi eleita o melhor produto do dia e da semana, além do terceiro melhor produto do mês pelo site Product Hunt em março de 2021, que avalia os melhores produtos em tecnologia. Foi um dos escolhidos entre mais de 2 mil opções. 

Aplicativo Veganzone

Imagem: Business Wire

Veganismo está crescendo 

O veganismo está apresentando crescimento. 

Conforme o The VOU, revista de lifestyle e beleza, existiam aproximadamente 79 milhões de veganos no mundo em janeiro de 2021. 

É esperado que se o veganismo mantiver esse ritmo de crescimento, 1 em cada 10 pessoas serão veganas daqui a uma década. 

Também podemos verificar muitos estudos que mostram que as pessoas estão reduzindo a quantidade de carne que consomem, como o do IPEC que descobriu que 32% dos brasileiros priorizam a opção vegana no cardápio dos restaurantes quando está especificada. Além disso, foi afirmado que 46% dos brasileiros não consomem carne — por desejo próprio — pelo menos uma vez na semana. 

O projeto Smart Protein, realizado pela ProVeg International em parceria com a Innova Market Insights, University of Copenhagen e a Ghent University, também mostrou que 46% dos europeus reduziram o consumo de carne. Além disso, uma matéria da Reuters também mencionou que 66% dos europeus comiam menos carne para combater as mudanças climáticas e que 13% pretendiam reduzir o consumo em breve. 

Quer outro exemplo? Uma pesquisa feita pela One Poll que avaliou 30 países (inclusive o Brasil), com 28 mil participantes, chegou ao resultado de que 43% das pessoas globalmente estão se esforçando para reduzir a ingestão de carne animal. 

Isso demonstra que mais pessoas poderão se tornar veganas no futuro, sendo que esse estilo de vida que protege os animais está em expansão! 

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também: 

Inspiração: aplicativo vegano tem moeda virtual para produtos conscientes

Aplicativos para veganos: 7 que você pode gostar

Aplicativos veganos: 8 para salvar a sua vida

*Imagem de capa: Unsplash

Por Amanda Stucchi em 4 de janeiro
Faça parte da comunidade da Vegan Business no WhatsApp: Notícias | Investidores