A Veg Capital investiu R$ 1,1 milhão na Super Vegan!

Marca de chocolates plant-based está presente em todos os estados do Brasil e prevê ultrapassar R$ 10 milhões de faturamento até 2024.

O fundo britânico de Venture Capital, a Veg Capital, acaba de anunciar o seu terceiro investimento no Brasil. A marca de chocolates veganos Super Vegan receberá R$ 1,1 milhão para aumentar seu time, ampliar a fábrica e reforçar sua presença no digital.

Sobre a Super Vegan

A Super Vegan é um exemplo positivo de gestão e sucesso. A marca, criada em 2018 pela empresária Juliana Salgado, em Santos, no litoral paulista, rapidamente ganhou mercado chegando a 80 cidades, com presença em todos os estados do Brasil entre as maiores empresas da categoria nacional.

A dimensão do potencial da Super Vegan pode ser vista, por exemplo, no faturamento do ano passado: quase R$ 3 milhões. Já a projeção de faturamento anual até o fim de 2024 é chegar a R$ 10 milhões. Atualmente, a linha de produtos conta com 10 sabores diferentes do chocolate em barra, quatro cremes e uma linha food service da versão das barras menores para maiores.

Faça parte da comunidade da Vegan Business no WhatsApp: Notícias | Investidores

“Quando a gente fala no processo de expansão da Super Vegan nos últimos tempos nós focamos no paladar, naquilo que é gostoso mais do que no fit ou apenas saudável. Isso trouxe uma grande aceitação do público, pois havia uma demanda reprimida e que agora estamos alcançando”, revela a empresária e fundadora da marca, Juliana Salgado.

Investimento Veg Capital

Com o investimento de R$ 1,1 milhão via Veg Capital, a Super Vegan vai aumentar seu time, lançar uma linha sem glúten, ampliar a fábrica e seguir investindo no digital. Além disso, a empresa também pretende abrir uma rodada de equity crowdfunding no primeiro trimestre.

“A Veg Capital tem o prazer de apoiar o crescimento do nosso primeiro investimento no Brasil, seguindo nesta rodada de financiamento para o Super Vegan. A Juliana e sua equipe construíram uma grande marca de chocolate à base de plantas que está alinhada à missão e esperamos o sucesso contínuo por trás da expansão da produção que este financiamento suporta”, destaca Clifford Johnson, CEO da Veg Capital.

“As pessoas se identificam muito com a marca também pela nossa pegada divertida, colorida. Temos muitos brand lovers e pretendemos abrir a oportunidade para eles fazerem parte da nossa jornada de crescimento como sócios”, destaca Juliana Salgado. A rodada de equity crowdfunding será pela plataforma da Vegan Business, que tem foco em negócios do mercado plant-based.

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também:

A culinária vegana está em crescimento no Brasil!

Aviko Rixona usa batatas para fazer o queijo vegano saudável

Foodz lança nova linha de refeições veganas líquidas

Imagem ilustrativa de capa: Divulgação Super Vegan

Por Ana Cristina Gomes em 27 de janeiro