O KFC da China tem uma novidade: a rede de fast food lançou no país três sorvetes veganos da Oatly

Os sabores plant-based  são morango, chocolate e uma mistura de café com aveia. 

Nós retratamos a trajetória da Oatly do registro do IPO na bolsa de valores até seu sucesso, onde levantou US$ 2, 12 bilhões. 

Como relatamos, com esse valor do IPO a empresa tinha o objetivo de expandir seus canais de varejo na China. 

É importante ressaltar que no país muitas pessoas sofrem de intolerância a lactose: segundo a Vegconomist é afirmado que os asiáticos sofrem quarenta vezes mais de intolerância a lactose do que os europeus. Ou seja, é um mercado com demanda.  

Sorvetes veganos da Oatly

A Oatly é uma empresa que fabrica alimentos baseados em aveia, tem sede na Suécia e está disponível em mais de 20 países. Foi fundada por Rickard Öste e o irmão Bjorn Öste na década de 90, visando encontrar uma opção que substituísse o leite de vaca e fosse mais sustentável, tendo um sabor agradável para o público. 

Em seu portfólio existem bebidas (em lata ou caixinhas), iogurtes, cremes e sorvetes. 

Os sabores dos sorvetes são os seguintes: chocolate, morango, baunilha, doce de chocolate, avelã, e caramelo salgado. 

Ações sustentáveis do KFC

O menu do KFC é muito baseado em carne animal, porém, a rede tem ações sustentáveis e testou carnes à base de plantas. Confira a seguir! 

A rede de fast food no território canadense fez um anúncio sobre sustentabilidade esse ano, relatando que até 2025 desejam que suas embalagens sejam compostáveis. Também falou sua trajetória com a remoção de talheres com base de fibras, baldes de bambu e retirada de canudos e sacos plásticos. 

A rede também testou nuggets de frango plant-based em abril de 2020 (produzidos pela Cargill) em três locais da China: Xangai, Shenzhen e Cantão. No Vegnews, é explicado que em Xangai esse produto se esgotou em uma hora e foram comprados 7 mil porções durante esse período de teste. 

Eles também testaram a carne da Beyond Meat no ano passado, incluindo no cardápio de Pequim, Hangzhou, Xangai e Chengdu para verificar a demanda dos seus consumidores pelo produto à base de plantas. 

Além disso, o fast food colocou sanduíches com frango (produzidos pela Quorn e Lighlife Foods) no Canadá e no Reino Unido de maneira permanente. Também testaram o Beyond Fried Chicken nos Estados Unidos, mesmo não tendo adicionado ao cardápio: na nossa matéria mostramos que a rede vendeu a mesma quantidade de unidades da versão à base de plantas quanto a do frango de origem animal em cinco horas. 

Aproveite e leia também: 

Leite vegetal: 34 marcas para você escolher 

Kibon lança sorvete vegetal com certificação da SVB 

Novos sorvetes plant-based? Unilever anuncia expansão de seu portfólio

*Imagem de capa: Emory Babb



por Amanda Stucchi em 17 de setembro