Um novo estudo da Mintel mostra que os lançamentos globais de sorvetes veganos mais do que dobraram desde 2015 e também mostra um aumento na demanda por uma variedade de sabores.

Dados de mercado mostrando que, desde o surto do coronavírus, mais e mais pessoas em todo planeta estão considerando uma dieta vegana. Parece que a indústria de alimentos está finalmente se engajando em um setor onde os consumidores, além de voltados para uma alimentação saudável, também querem se dar ao luxo de guloseimas que poupem a própria saúde e a do planeta.

Ao que tudo indica, a crescente demanda por sorvete vegano não se restringe apenas aos que seguem uma dieta vegana, o aumento das doenças autoimunes, alergias e intolerâncias alimentares pode ser um dos responsáveis também.

Lançamentos globais de sorvetes veganos

O relatório afirma que, na última pesquisa do Banco de Dados de Novos Produtos Globais (GNPD) da Mintel, sorvetes veganos são responsáveis por uma proporção crescente dos lançamentos globais de sorvete, representando 7% de todos os lançamentos nos últimos 12 meses (2019/2020), mais que o dobro dos 3% detectados há cinco anos (2015/16).

O foco nas texturas de sorvetes à base de plantas está aumentando. Ademais, sorvetes veganos com texturas diferentes, como nozes, cookies, pedaços de toffee e pedaços de biscoito aumentaram de 2% a 13% dos lançamentos nos últimos quatro anos.

Sobretudo, num passeio ao redor do planeta os lançamentos são no mínimo interessantes.

De fato, grandes marcas como Ben & Jerry’s, Magnum, Häagen-Dazs e Halo Top expandiram suas ofertas para versões veganas de seus sorvetes. Além disso, players mais recentes como Cado (feito do abacate cremoso para), Oatly (de leite de aveia) e Eclipse Foods (base de batata, milho e mandioca) também estão de olho nesse mercado em expansão.

No Brasil, marcas como Mondo e Ben & Jerry’s são as mais fáceis de encontrar. Mas as opções de sorvetes veganos não se resumem aí, apesar de ainda incomuns. Por fim, com um pouco de dedicação é possível encontrar opções da guloseima em versões à base de plantas e aqui vão algumas sugestões:

Leia mais sobre o mercado de sorvetes veganos no Brasil e o mercado vegano na América Latina.



por Nadia Ferreira Gonçalves em 29 de setembro