A Miyoko’s Creamery desenvolveu o primeiro queijo cottage vegano, elaborado a partir de sementes de melancia, esse tipo de alimento é uma coalhada de queijo suave. É previsto que o produto seja lançado no início de 2023 em lojas de varejo. 

No final do ano passado, a empresa de laticínios sem origem animal criou outra inovação, um queijo de mussarela líquido para adicionar na pizza. O produto gera 98% menos emissões de gases de efeito estufa do que o laticínio de origem animal. 

Dessa forma, segundo a marca, é mais fácil de ser derretido: “Em vez de criar um bloco sólido tradicional de queijo vegano que é ralado, Miyoko removeu os sólidos e ingredientes que dificultam a fusão. Por exemplo, você sabia que pedaços de queijo usam agentes antiaglomerantes para evitar a aglomeração, o que ironicamente proíbe o derretimento?”.

Primeiro queijo cottage vegano 

O alimento é feito com leite orgânico de semente de melancia e leite de semente de girassol, com 10 gramas de proteína por porção. Conforme a fundadora, Miyoko Schinner, explicou ao VegNews a ideia surgiu quando ela estava brincando com vários leites vegetais em sua cozinha e descobriu como criar um produto que se assemelhava ao queijo cottage. 

Após isso, ela entregou o projeto para a equipe de inovação que testou as receitas e ajustou a fórmula por meio de muitas interações, chegando ao resultado final. 

Faça parte da comunidade da Vegan Business no WhatsApp: Notícias | Investidores

O produto já foi experimentado pela influenciadora Ashley Wicka na convenção Natural Products Expo West, ela postou um vídeo no Tik Tok e deu nota 9 de 10, afirmando que “explodiu sua mente” o quão próximo o sabor era do produto de origem animal. 

Na rede social profissional, a empresa falou: “Este produto é um reflexo do compromisso da Miyoko em fabricar queijo de leite vegetal artesanal, usando técnicas de fabricação de queijo consagradas pelo tempo e os melhores ingredientes orgânicos. Na Expo West, ficou alarmantemente claro o quanto há um forte desejo por um queijo cottage vegano”, citando que o produto conseguiu o Prêmio de Melhor Produto Novo da VegNews.

Sobre a Miyoko’s Creamery 

Quer saber mais sobre a empresa? 

Fundada por Miyoko Schinner nos Estados Unidos em 2014, a marca começou com quatro funcionários na casa de Miyoko. Desde então, o negócio evoluiu muito: a empresa já conta com uma instalação de última geração de 30 mil pés quadrados em Sonoma (Califórnia) e seus produtos já podem ser encontrados em mais de mil lojas nos Estados Unidos. 

O portfólio da marca é composto por: manteiga vegana, mussarela vegana, roda de queijo artesanal de leite de caju orgânico, queijo cremoso vegano e cheddar vegano. 

Além disso, a empresa fez história ao criar o primeiro canal sobre culinária com manteiga vegana no ano passado, onde divide diversas receitas utilizando a manteiga da marca. A estreia do projeto, chamado The Vegan Butter Channel, se deu após a vitória judicial para utilizar o termo manteiga em seus produtos. 

A ação foi feita pela California Department of Food and Agriculture, dessa forma, a fundadora processou a organização. 

No vídeo da página do produto, ela citou: “Essa luta não é só para nós, como mencionei antes, muitas outras empresas receberam cartas parecidas. Nós lutamos por isso não só por nós, mas por essa indústria inteira, porque estamos no precipício de construir um novo sistema alimentar que é baseado em sustentabilidade e compaixão por todos os animais”. 

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também: 

Dieta plant-based pode aumentar expectativa de vida em mais de 10 anos

Empresa de queijo vegano levanta US$ 52 milhões em rodada

MeliBio levanta US$ 5,7 milhões para mel sem abelhas

*Imagem de capa: Divulgação Miyoko’s Creamery / via VegNews

Por Amanda Stucchi em 21 de março