É previsto que o mercado de carne plant-based atinja US$ 15,7 bilhões até 2027, crescendo a um CAGR de 14,7%, conforme apontou o Markets and Markets.

Segundo o relatório, existem diversos fatores que impulsionam esse segmento:  

  • Crescimento da população vegana e flexitariana (público que diminui o consumo de carne).
  • Maior conscientização sobre os benefícios da carne plant-based para a saúde (comparado aos produtos de origem animal).
  • Aumento de investimento de órgãos governamentais e em atividades de pesquisa e desenvolvimento, bem como o investimento de grandes empresas da indústria alimentícia em produtos de carne vegetal. 

Análise do mercado de carne plant-based até 2027

O estudo investigou a carne plant-based, considerando os seguintes ingredientes: soja, trigo, blends (misturas) e ervilhas, com os produtos de hambúrguer, tiras e nuggets, salsichas e almôndegas. Os análogos analisados foram o de carne bovina, frango, porco e peixe. 

Aqui foi informado que o segmento de soja domina o mercado: “O consumo de alimentos à base de soja aumentou recentemente nos países ocidentais devido à adoção de dietas vegetarianas e por serem livres de colesterol em relação às proteínas de origem animal”, mencionou o comunicado

Pensando no tipo, foi destacado que o segmento de análogo de carne bovina é projetado para responder pela maior participação no mercado de carne plant-based. 

“Os hambúrgueres plant-based são o tipo de produto mais popular que conquistou a atenção do consumidor em nível global”, comentou a instituição. 

Já a região que possui a maior participação nesse mercado durante o período de previsão é a Europa. Dessa forma, é destacado que esse é um dos locais que mais cresce referente ao consumo e produção do produto, bem como o foco dos fabricantes europeus no desenvolvimento de novos produtos – incluindo a carne plant-based com melhor textura, aparência e composição. 

Para desenvolver os produtos, o local possui instalações adequadas de pesquisa e desenvolvimento que estão disponíveis na região. 

Principais players do setor

O estudou apontou alguns dos principais players desse segmento:

  • Beyond Meat (EUA)
  • Kellogg Company (EUA)
  • Impossible Foods Inc. (EUA)
  • Conagra Foods (EUA)
  • Tofurky (EUA)
  • Maple Leaf Foods (Canadá)
  • Unilever (Reino Unido)
  • Gold&Green Foods Ltd (Finlândia)
  • Sunfed (Nova Zelândia)
  • Monde Nissin (Filipinas).

Caso você deseje conhecer algumas empresas que atuam aqui no Brasil, nós da Vegan Business podemos citar como exemplos: Conví Foods, vendendo hambúrguer de grão-de-bico, hambúrguer de shitake e shimeji, hambúrguer defumado com castanhas, almôndegas de shimeji (shimejitos); Fazenda Futuro com análogos plant-based de hambúrguer, carne moída, almôndega, linguiça, atum e frango; Urban Farmcy, disponibilizando hambúrguer, salsicha e almôndega, entre outras marcas.

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também:

Meati Foods levanta US$ 150 milhões para acelerar a produção de carnes à base de cogumelos 

Fazenda Futuro e Anitta lançam linha de salgadinhos plant-based para festas

Mercado de carne plant-based teve receita superior a US$ 1 bilhão

*Imagem ilustrativa  de capa: Pexels

Por Amanda Stucchi em 25 de julho