A marca francesa Le Papondu lançou ovos veganos após anos de investigação e desenvolvimento.

Sheryline Thavisouk e Philippine Soulères começaram a desenvolver o ovo à base de plantas em 2017 e têm trabalhado integralmente no projecto desde 2019. Logo após numerosos testes e uma campanha de crowdfunding bem sucedida com 600 investidores, ambos começaram a trabalhar com um laboratório culinário. Isto levou ao desenvolvimento do seu primeiro produto comercial, Papondu Beaten.

A alternativa de ovos mexidos é feita a partir de uma pequena lista de ingredientes, que incluem farinha de fava, óleo, água, sal, cenoura e metilcelulose. De acordo com a empresa, o produto é adequado para ser utilizado em diversos pratos, como por exemplo: omeletes, muffins e massas frescas. A Le Papondu também está trabalhando em uma alternativa de ovo inteiro, que eventualmente virá em uma casca biodegradável.

O mercado de ovos veganos

O mercado de ovos veganos deverá atingir US$ 3,3 bilhões até 2031, aumentando em uma CAGR de cerca de 8,3%. O crescimento deste setor, está sendo impulsionado em grande parte por preocupações com a saúde, assim como com a segurança alimentar.

Como resultado, essa já é uma tendência visível em todo o mundo, com a Evo Foods da Índia vendendo recentemente mais de 1000 produtos em apenas 24 horas após a abertura da pré-venda de seus produos. Já a YO-Egg de Israel arrecadando US$ 5 milhões em uma rodada de investimento com um grande número de investidores, em maio.

Faça parte da comunidade da Vegan Business no WhatsApp: Notícias | Investidores

“Hoje celebramos nossa chegada ao mercado plant-based. O que significa que agora você pode encomendar nosso produto no site e recebê-lo em qualquer lugar da França”, disseram Sheryline Thavisouk e Philippine Soulères. “Em breve, você também poderá fazer deliciosas omeletes de Papondu e cogumelos, e muitas outras receitas maravilhosas que mal podemos esperar para descobrir.”

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também:

Umami United desenvolve ovo vegano com raiz de konjac

Um ovo cozido vegano? Marca faz o primeiro do mundo

Startup lançará substituto de ovo integral à base de plantas

Imagem ilustrativa de capa: Divulgação Le Papondu

Por Ana Cristina Gomes em 4 de outubro