A marca de laticínios alternativos Perfect Day levantou US$ 350 milhões em uma rodada de investimento da Série D, co-liderada pela Temasek e a Canada Pension Plan Investment Board (CPP Investments), também ocorreu a participação da Horizons Ventures, Bob Iger (presidente executivo e do conselho da The Walt Disney Company) e SK Inc. 

Atualmente, o total de investimentos recebidos pela Perfect Day está em US$ 750 milhões, e a empresa é um unicórnio com valuation de cerca de US$ 1,5 bilhão. 

Já falamos sobre a marca na nossa matéria de fermentação: a empresa recria as proteínas de soro de leite e a caseína sem utilizar elementos de origem animal.

Como é possível fazer isso?

O processo é o seguinte: primeiro foi coletado os genes das vacas em bancos de dados científicos gratuitos. 

Após isso, selecionaram a microflora de fungo para criar a proteína, dando-lhe o esquema genético da proteína do soro do leite.  Dessa forma, a microflora é cultivada nos tanques de fermentação e produzem a proteína do leite da Perfect Day. 

Vale mencionar que por ser molecularmente idêntica ao leite da vaca, o produto da Perfect Day não é recomendado para os alérgicos a essa bebida. 

Ryan Pandya, co-fundador e CEO da empresa, falou em um comunicado: “Quando começamos isso há quase oito anos, tínhamos o objetivo simples de criar uma maneira de fazer laticínios sem animais. Rapidamente percebemos que poderíamos maximizar nosso impacto positivo para o planeta e o sistema alimentar global aplicando nossa tecnologia e know-how em toda a cadeia de suprimentos”. 

Bob Iger, investidor, também acrescentou: “Fiquei muito impressionado com o que a Perfect Day fez em tão pouco tempo. Estou ansioso para continuar a fazer parte dessa jornada”. 

Um breve histórico dessa marca de laticínios alternativos é o seguinte: em 2016  expandiu realizando o suprimento B2B (ou seja, vende proteínas para empresas alimentícias), em 2019 comercializa produtos de consumo por meio da The Urgent Company (TUC) e em 2020 acrescentou a SBF, Inc ao seu portfólio corporativo (essa é uma instalação de aumento de escala de bioprocessos dos Estados Unidos).

Atualmente, a marca pretende ofertar serviços de desenvolvimento de tecnologia de biologia empresarial. 

A marca de laticínios alternativos e a The Urgent Company

Quer saber mais sobre essa parceria entre as duas empresas? 

Recentemente, a The Urgent Company lançou a nova marca Modern Kitchen. O produto de estreia é o cream cheese Modern Kitchen Cream Cheese, disponível em três sabores, produzido com o produto da Perfect Day. 

Ryan Pandya falou sobre esse assunto em uma comunicação: “Há anos sonhei com um cream cheese sem animais e finalmente descobrimos o sabor e a textura que tornam o cream cheese tradicional tão bom. Estamos entusiasmados em apresentar a Modern Kitchen aos consumidores que estão aguardando ansiosamente por mais produtos feitos com a Perfect Day”. 

Possível IPO da empresa  

Será que a Perfect Day irá abrir seu capital? 

Conforme fontes próximas à empresa, com informações do Wall Street Journal, isso poderá ocorrer no próximo ano

Porém, o veículo relata que não existe garantia que o IPO dará certo, pois depende de diversos fatores: o interesse dos investidores por empresas ambientalmente conscientes pode diminuir e o mercado de IPO aquecido também pode esfriar. 

Mesmo assim, a notícia aponta que os fundos de investimento sustentável atingiram US$ 2 trilhões em ativos e que a demanda está aumentando. 

Em antecipação ao IPO, a marca de laticínios alternativos também contratou diversas pessoas para o time, como a Allison Fowler para ser Diretora de Marketing (anteriormente da Perfect Snacks), Chuck Thorn para Vice-presidente de finanças (anteriormente da Cargill), Alex Brittain para Vice-Presidente Sênior Internacional (veio da PepsiCo) e TM Narayan no cargo de Chefe de Operações de Negócios (veio da HCL Technologies).

A sustentabilidade da Perfect Day

A empresa fez uma comparação do seu método tecnológico e a produção tradicional de leite. 

A economia de água fica em 96%, as emissões de gás carbônico são reduzidas em 91% e o uso de energia não renovável é reduzido para 29%. 

Isso se consideramos o mínimo, pois os números podem atingir 99% para a água, 97% para as emissões de gás carbônico e 60% para a redução do uso de energia não renovável. 

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também: 

Empresa de lavagem automotiva sustentável levanta R$ 1,5 milhões 

O que é venture capital? Como funciona e como conseguir? 

Meio Ambiente e Sustentabilidade: o que é e importância (2021)

*Imagem de capa: Divulgação Perfect Day (via Green Queen)



por Amanda Stucchi em 4 de outubro