A VFC Foods, marca de frango frito vegano, levantou £ 7,5 milhões (US$ 10,2 milhões) em uma rodada seed que foi liderada pelo fundo Veg Capital

O valor será utilizado para levar a marca a um público internacional, aumentar a capacidade de produção, contratar equipe e investir na área de pesquisa e desenvolvimento. No momento, o foco está no mercado estadunidense. 

No total a marca já conseguiu £ 10,5 milhões (US$ 14,26 milhões) em sua história, estando em seus planos realizar uma rodada da Série A em 2023. 

Matthew Glover, cofundador da marca VFC Foods, falou à imprensa: “Houve um grande interesse dos investidores e estamos muito gratos por isso. Ao trabalhar com a Veg Capital, conseguimos nos concentrar puramente em escalar os negócios o mais rápido possível para aproveitar a oportunidade”. 

Cofundadores da VFC Foods

Imagem dos cofundadores: Divulgação VFC Foods

Pesquisa feita pela empresa

A empresa encomendou uma pesquisa, realizada pela Vypr, com participação de mais de 5 mil pessoas. 

O objetivo era investigar o quanto os consumidores sabiam sobre como as galinhas eram criadas no Reino Unido e se eles fariam escolhas alimentares diferentes se soubessem. 

Desse número, 80% dos participantes afirmaram que é importante saber de onde vem a própria comida. 

Para testar os conhecimentos das pessoas, a VFC Foods fez as seguintes perguntas: “Qual é a porcentagem de frangos criados em fábricas no Reino Unido?” e “qual é a idade que as galinhas têm ao serem abatidas?”. Foi constatado que menos de 15% acertaram a resposta. 

Ao mostrar a foto de uma fazenda industrial e questionar se eles ficariam felizes ao comprar frango dali, 76.12% disseram que não. 

Outro questionamento foi: “Se o frango à base de plantas tivesse um sabor tão bom quanto o frango de abate, você compraria?”. Aqui 66,38% responderam que sim, demonstrando que há um interesse por alternativas cada vez mais semelhantes às de origem animal, mas que não prejudicam o planeta e não apresentam crueldade. 

Além disso, 71,65% concordaram que se o sofrimento animal estivesse escrito na embalagem de frango, isso os deixaria menos propensos a comprar o produto, seguido pela perda de vida selvagem (33,36%) e poluição de rios e mares (32,31%). 

Produtos da marca de frango frito vegano

Imagem: Divulgação VFC Foods

Sobre a marca de frango frito vegano 

A empresa foi cofundada por Matthew Glover, um dos criadores do Veganuary, e pelo chef Adam Lyons. 

Glover já falou sobre sua trajetória em uma comunicação: “Sou um empresário que virou ativista e o VFC é um casamento dos dois. Existem muitas maneiras de desmantelar sistemas injustos, pretendemos que o VFC seja parte do movimento que põe fim à agricultura industrial para sempre”. 

O portfólio da marca possui os seguintes produtos congelados: filé de frango vegano, pedaços de frango e pipoca de frango frito. 

Os ingredientes utilizados são a proteína de trigo com um revestimento de flocos de milho fritos. Quanto à sustentabilidade, a marca dá preferência às embalagens de papel, sendo que também utilizam plástico reciclável quando é necessário. 

Atualmente, os produtos estão disponíveis em mais de 300 lojas da Tesco, The Vegan Kind, Mighty Plants e Suma Wholesale. 

Uma curiosidade é que a empresa baniu o termo “à base de plantas” dos meus materiais de comunicação. 

Matthew Glover contou à Green Queen que primeiro são ativistas e depois produtores de alimentos, sendo assim, o termo não cobria o que desejavam expressar ou alcançar como empresa. 

Hambúrguer da VFC Foods

Imagem: Divulgação VFC Foods

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também: 

Veg Capital e Kale United investem em distribuidora plant-based

Super Vegan e Veg Capital se destacam no Vegconomist

Veg Capital investe em uma marca de tortas orgânicas

*Imagem de capa: Divulgação VFC Foods



por Amanda Stucchi em 18 de janeiro