O VFC, startup de frango frito vegano, está fazendo sucesso no Reino Unido. Fundada há apenas quatro meses, a empresa já está em operação na Europa continental com planos de expansão internacional. Além disso, em março ela anunciou um investimento de £2,5 milhões (R$19,6 milhões) em uma rodada liderada pela Veg Capital.

Os fundadores e ativistas da VFC, Matthew Glover e Adam Lyons, deixaram claras as suas ousadas intenções e assim, atraíram a atenção do mercado. O Vegan Business conversou com Kate Fowler, PR do VFC, sobre o sucesso de seu produto e o novo investimento.

Em primeiro lugar, seria incrível para nossos leitores saber um pouco mais sobre a história por trás do VFC.

O VFC – Vegan Fried Chicken foi ideia de Matthew Glover e Adam Lyons. Como fundador do Veganuary e do Million Dollar Vegan, Matthew sabe o que motiva as pessoas a se tornarem veganas, mas também o que as impede. E uma dessas coisas é, claro, comida. Frango é a carne mais popular do mundo, e galinhas são mortas em um número tão grande que ele há muito desejava concentrar sua atenção no fim da criação e do abate dessas aves. Então, em um restaurante local administrado por Adam em sua cidade natal, York, Reino Unido, ele encontrou o melhor frango frito vegano que ele já havia provado.

Ele pensou que se as pessoas também pudessem experimentar, elas veriam que você não precisa de fazendas industriais e matadouros para obter o sabor e a textura da carne. Adam e Matthew se tornaram amigos, então, Adam participou do Veganuary e se tornou vegano, e juntos fundaram o VFC.

A empresa começou a operar em dezembro de 2020. Nossa missão é simples: colocar as fazendas industriais fora do mercado. Portanto, essa é a nossa declaração de missão:

“O nosso é um ato de rebelião positiva contra um sistema que nos trouxe mudanças climáticas, destruição ambiental, pecuária industrial e matadouros. Aplaudimos aqueles que lutam contra as graves injustiças com cartazes e manifestações, com cartas aos deputados. Saudamos aqueles que aderem às ruas com megafones ou trancadas em grades. Nossa maneira de desmantelar esse sistema destrutivo é com boa comida. Este é o nosso protesto sentado. “

VFC

O VFC foi lançado em dezembro de 2020, como foi a fase de lançamento?

Foi fenomenal. Nosso Diretor de Vendas, Stewart McGuckin, descreveu os primeiros dois meses como “oito semanas de consultas sem precedentes em todos os canais e mercados, ao mesmo tempo em que alcançou vendas líderes de mercado no primeiro mês”. E tudo isso com um gasto mínimo de marketing. Ele atendeu ligações de distribuidores varejistas e de serviços alimentícios, bem como atacadistas em mais de 50 países, e já se reuniu com vários dos maiores varejistas do Reino Unido. Também tem havido grande interesse de investidores e pessoas que desejam abrir franquias. Foi um lançamento extraordinário!

vfc-frango-frito-vegano-pocket
Imagem: VFC

Como estão as vendas atuais deste fabuloso frango frito vegano? Conte-nos outros KPIs interessantes…

Nossos números de vendas estão significativamente à frente do que esperávamos, razão pela qual precisamos acelerar nosso crescimento antes do previsto. Consequentemente, estamos a caminho de um objetivo de vendas de £ 50 milhões nos próximos três anos.

Nossos produtos são vendidos por meio de uma próspera empresa D2C (venda direta ao consumidor) e de dois supermercados on-line no Reino Unido, The Vegan Kind e Vevibes. Também estamos presentes em cerca de uma dúzia de varejistas e lojas de food service no Reino Unido, e fizemos nossa primeira expansão na Espanha, com o VFC agora disponível em mais de 30 lojas lá. Esperamos estar nos maiores supermercados do Reino Unido nos próximos 3-4 meses.

Quanto aos KPIs, não somos como outras empresas. Medimos o sucesso em número de frangos salvos e as métricas de negócios são uma consideração secundária. Isso é tão importante que publicamos em nosso site a quantidade de Galinhas Salvas desde o lançamento, já são quase 8 mil aves. Este é o único KPI que nos motiva.

frango-frito-vegano
Imagem: VFC

VFC acabou de arrecadar £ 2,5 milhões, para onde irá esse investimento?

Os fundos levantados nos ajudarão a acelerar o crescimento da marca no Reino Unido e no exterior. Atualmente, estamos desenvolvendo parcerias com co-fabricantes na América do Norte e na Europa, que nos ajudarão a aumentar a produção rapidamente. Os fundos também ajudarão a apoiar a otimização do produto e a construção de nossa equipe.

Quando vamos encontrar o VFC nos supermercados aqui no Brasil?

Esperamos estar no Brasil este ano. Brasil e Argentina são prioridades globais para nós, dado o alto consumo per capita de frango.

“Mal podemos esperar para trazer nossa rebelião positiva para a América Latina e ajudar a libertar mais galinhas das fazendas industriais de lá. Estamos trabalhando muito para que isso aconteça e nos veremos em breve!”

Stewart McGuckin

Leia também: Crica Wolthers, fundador do Vegan Business, e Veg Capital são destaque em matéria na CNN Brasil e Tendências em investimentos veganos



por Nadia Ferreira Gonçalves em 5 de abril