A Kellogg anunciou seu plano de separar seus negócios norte-americanos e agora tem uma divisão plant-based. Portanto, a empresa possui três spin-offs com o objetivo de estar melhor posicionada para liberar todo seu potencial autônomo. 

É previsto que a divisão esteja concluída até o final de 2023, porém, também depende da aprovação das agências reguladoras estadunidenses. 

A divisão plant-based da Kellogg

Com o nome temporário de Plant Co., a empresa apontou que a divisão investirá ainda mais na penetração na América do Norte e sua futura expansão internacional. Vale destacar que o negócio tem US$ 340 milhões em vendas líquidas, sendo ancorado pela marca MorningStar Farms da Kellogg, focada em proteínas vegetais. 

O valor foi calculado estimando as vendas líquidas de US$ 340 milhões em 2021, com LAJIDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) estimados em US$ 50 milhões em uma base ajustada. 

Os outros dois negócios são: Global Snacking Co. que comercializará lanches, cereais, macarrão e café da manhã congelado, bem como North America Cereal Co., voltado para os cereais da empresa. Aqui vale destacar que os nomes também são temporários, já que todos serão definidos mais tarde. 

Steve Cahillane, presidente e CEO da Kellogg, comentou em um comunicado

“A Kellogg está em uma jornada bem-sucedida de transformação para melhorar o desempenho e aumentar o valor do acionista de longo prazo. Todos esses negócios têm um potencial autônomo significativo, e um foco aprimorado permitirá que eles direcionem melhor seus recursos para suas distintas prioridades estratégicas. Por sua vez, espera-se que cada negócio crie mais valor para todas as partes interessadas, e cada um está bem posicionado para construir uma nova era de inovação e crescimento”. 

Segundo informação do Yahoo! Finance, o anúncio da divisão de negócios fez com que as ações da empresa subissem 7,8% nas negociações pré-mercados no dia de hoje (21/06). 

Detalhes sobre o negócio 

Atualmente, a divisão plant-based está focada nos Estados Unidos, Canadá e Caribe. 

“Esse negócio oferece um portfólio completo de ofertas baseadas em plantas em vários segmentos de produtos e ocasiões para comer. A Kellogg fez crescer a MorningStar Farms de forma constante desde a sua aquisição, há mais de 20 anos, e a marca agora tem a maior participação e penetração doméstica na categoria congelada vegetariana/vegana”, comentou a empresa sobre a divisão plant-based. 

Outra informação relevante é que a equipe de gerenciamento será anunciada mais tarde. Sobre a sede, essa será na cidade de Battle Creek, localizada em Michigan (EUA). 

A MorningStar Farms é uma empresa de produtos plant-based, comercializando hambúrguer, nuggets, salsicha, frango, pipoca de frango, entre outras opções. É informado que a linha Incogmeato é vegana, sendo que muitos dos alimentos da MorningStar Farms também são, além disso, outros estão no processo de se tornarem veganos, enquanto alguns produtos são vegetarianos.

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também: 

Mercado de alimentos plant-based crescerá a uma porcentagem de 10,6%

Ubatuba oferece refeições plant-based para mais de 12 mil alunos

5 marcas de hambúrguer vegetal para você provar!

*Imagem de capa: Divulgação da Morningstar Farms



por Amanda Stucchi em 21 de junho