A plataforma iFood divulgou os cinco itens veganos mais pedidos em seu cardápio através de seu instagram. Ficou com curiosidade para saber quais são os produtos? Vamos à lista!

  1. Hambúrguer 
  2. Sobremesas
  3. Bolos
  4. Sanduíches
  5. Massas

O iFood escreveu: “Provando passar longe de qualquer pepino, a categoria ‘Comida Vegana’ tem se tornado ao longo do ano a nova queridinha do @iFoodBrasil! É que o número de pedidos cresceu mais do que o dobro!”. 

Também foi informado algumas curiosidades, por exemplo, o dia com mais pedidos veganos é no sábado. Afinal, quem não gosta de pedir alguma comida para aproveitar os finais de semana? 

Além disso, é relatado que o número de pedidos de comida vegana apresentou um crescimento de 110% com relação a 2020. Também é dito que houve um aumento de 109% no número de estabelecimentos veganos na plataforma, isso trouxe um crescimento de 41% nessa categoria. 

É bom lembrar que a maioria (92%), são estabelecimentos de pequenos e médios empreendedores. 

Hábitos alimentares dos brasileiros 

Já falamos aqui no Vegan Business sobre pesquisas que investigam os hábitos alimentares dos brasileiros. 

Uma delas foi produzida pela Inteligência em Pesquisa e Consultoria (IPEC), encomendada pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), que mostrou que 46% dos brasileiros não comem carne, por vontade própria, ao menos uma vez na semana. 

Além disso, 32% consomem a opção vegana caso essa informação esteja destacada no restaurante ou estabelecimento. 

Buscas de itens veganos em outras plataformas 

A busca por alimentos veganos não apresenta crescimento somente no iFood. 

Outras plataformas como a Amazon também tiveram crescimento de busca, a Label Insight descobriu que houve 44 mil pesquisas de carne alternativa só no mês de junho. 

A 1010data também fez um estudo sobre lojas de varejo on-line: seu relatório revelou que houve um aumento de 199% nas buscas por carne alternativa. 

Mais uma prova de que o mercado vegano está crescendo rapidamente e oferecendo oportunidade sem igual para novos negócios.

Sobre o Ifood 

O iFood começou no ano de 2011 como a Disk Cook, anteriormente era um guia impresso onde as pessoas podiam ligar e fazer seus pedidos. 

Quem fundou a empresa foram os sócios Guilherme Bonifácio, Felipe Fioravante, Patrick Sigrist e Eduardo Bae. 

No ano seguinte, resolveram lançar o aplicativo e o site, recebendo investimentos do Grupo Moville que continua aportando na marca. Outros investidores são o Prosus e a Just Eat. 

Atualmente a empresa  também está presente na Colômbia. 

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também: 

5 marcas brasileiras de hambúrgueres à base de plantas

Kibon lança sorvete vegetal com certificação da SVB

15 Ideias de Negócios Lucrativos e Com Pouco Investimento Para Abrir em 2021

*Imagem de capa: Reprodução do iFood (via CNN)



por Amanda Stucchi em 24 de setembro