A Five Seasons Ventures é uma empresa de capital de risco que recentemente lançou um fundo para foodtechs com o valor de € 180 milhões, chamado de Five Seasons new Fund II. Com esse fundo, investirão nas startups de alimentos com impacto ambiental ou social quantificável que possuem crescimento rápido e foco no consumidor. 

O primeiro fundo da empresa foi lançado em 2018, com o valor de € 77 milhões. Segundo a Vegconomist, esse teve um crescimento de receita avaliado em 20 vezes ao longo de quatro anos, tendo atingido mais de € 350 milhões em receita agregada em 2021. 

Investimentos do fundo para foodtechs 

Esse novo fundo já investiu nas seguintes marcas: 

  • The Nu Company — startup de alimentos sustentáveis que levantou € 14 milhões na Série A 
  • Vly — empresa de leite à base de proteína de ervilha que conseguiu € 6,1 milhões na Série A
  • Her1 — marca de bem-estar feminino que obteve €5,5 milhões na Série A 
  • Barkyn —startup de bem-estar pet que conseguiu US$ 9,6 milhões na rodada da Série A

A Five Seasons Ventures já investiu em 14 marcas localizadas nos seguintes países: França, Itália, Suíça, Alemanha, Reino Unido e Portugal. 

Micol Chiesa, chefe de impacto e investimento responsável, escreveu no relatório da empresa: “Acreditamos que um futuro melhor para o mundo começa com o que fazemos hoje. Por esta razão, a gestão ambiental é nossa maior prioridade. Entendemos que ao investir na cadeia de suprimentos de alimentação e ao promover inovação e práticas sustentáveis, podemos ter um impacto material na proteção do ambiente natural.”. 

Ela acrescentou: “Também vemos cada investimento como uma oportunidade para pensar mais sobre a saúde humana. Ao investir em tecnologia de alimentos, aumentamos um portfólio de empresas com poderes para criar alimentos mais saudáveis para um mundo mais saudável”. 

Impacto da empresa investidora 

É apontado que no ano passado, a Five Seasons Ventures investiu em 10 empresas, e alguns números relacionados a sustentabilidade são os seguintes: 

  • 100% dos produtos foram criados para melhorar a saúde e o bem-estar, em todo o portfólio do fundo
  • Não foram desperdiçados 2 milhões de quilos de alimentos (as companhias estão trabalhando para chegar ao desperdício zero com toda a cadeia de fornecimento)
  • Foi minimizado mais de 20 milhões de kg de emissões de gás carbônico (com 60% das emissões sendo carbono neutro)

Além disso, atingiu o número de 50/50 de homens e mulheres trabalhando, com 30 nacionalidades diferentes pelo mundo.

Sobre a Five Seasons Ventures 

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o fundo, vamos falar da sua história? 

A empresa foi fundada na cidade de Paris em 2016, pelo Ivan Farneti e Niccolo Manzoni. 

Em setembro desse ano se tornou signatária dos princípios para o investimento responsável (PRI), uma rede global para investidores comprometidos com os princípios da ESG (ambiental, social e governança). 

É dito na sua página: “Como signatária do PRI, a Five Seasons Ventures continuará a incluir critérios ESG em seus processos de investimento, relatar sobre sua adoção de investimento responsável anualmente e aumentar a defesa e administração de investimentos responsáveis”. 

Gostou de conhecer esse fundo para foodtechs? Aproveite e leia também: 

Foodtechs brasileiras faturarão R$ 376 milhões em 2026

O Que é Value Investing e Como Funciona Essa Estratégia? 

Novos fundos para investimentos em ESG: Amazônia e biogás 

*Imagem de capa: Divulgação Five Seasons Ventures (via Tech Crunch)



por Amanda Stucchi em 6 de outubro