A Billie Green da Alemanha, startup corporativa sob os The Plantly Butchers, anuncia que sua linha vegana de salames agora inclui mortadelas nos sabores clássico, ervas do jardim e pimenta cherry.

A variedade clássica é descrita como levemente picante; a de ervas do jardim, suave e herbácea; e a de pimenta cherry, frutada e saborosa. Baseados em óleo de colza, os três produtos são ricos em ácidos graxos insaturados e fibras, possuem poucos ingredientes, e são livres de conservantes e corantes artificiais.

Parte do grupo InFamily Foods, que surgiu da fusão da Reinert (fundada em 1931) e Kemper (fundada em 1888), os The Plantly Butchers com sua marca Billie Green são hoje um dos três principais fabricantes de alternativas vegetarianas e veganas na Alemanha, líder de mercado em seus respectivos segmentos. Sediada em Nortrup e Versmold, na Baixa Saxônia, a empresa é uma das principais processadoras de carne na Alemanha.

Em 2020, os The Plantly Butchers lançaram a linha de substitutos de carne à base de proteína de trigo. Até setembro de 2022, a Billie Green introduziu cinco produtos plant-based nos supermercados alemães: dois tipos de salame vegano fatiado, um salame vegano inteiro, bacon e cubos de presunto vegano. Em 2023, foram adicionados três produtos veganos para churrasco, seguidos por três alternativas de salsicha em junho de 2024.

Além disso, a InFamily Foods estabeleceu a Cultivated B. para aprimorar a produção de proteínas alternativas para alimentos, farmacêuticos e cosméticos. Esta subsidiária está buscando aprovação regulatória para comercializar produtos híbridos de carne cultivada na Europa.

Confira a matéria publicada na vegconomist.

Leia também:

Danone vai abrir Centro de Fermentação de Precisão na França em parceria estratégica

Startups europeias de Climate FoodTech captaram mais de US$ 2bi em 2023

Sociedade Científica Alemã DGE revê sua posição sobre o veganismo

Por Vitor Di Renzo em 15 de junho
Faça parte da comunidade da Vegan Business no WhatsApp: Notícias | Investidores