O Fundo britânico de Venture Capital, Veg Capital investiu R$ 1 milhão na foodtech brasileira Conví Foods, que levantou um total de R$ 1,5 milhão pela plataforma nesta quinta-feira (23). Esta é a 4ª startup a receber investimento, pela plataforma do Vegan Business.

Para o co-fundador e CEO do Vegan Business, Christian Wolthers, o Crica, ter a participação da Veg Capital na rodada da Conví Foods, com toda a sua experiência no mercado vegano, agregou muito valor ao trabalho que vem sendo realizado pela plataforma, que já conta com 3.200 investidores cadastrados.

“A Veg Capital é um dos principais fundos globais de venture capital do mercado plant-based. Fico muito feliz pela confiança deles no nosso trabalho de curadoria e extremamente animado pela Conví Foods, que recebeu esse investimento para escalar sua presença no Brasil.”

Com 7 anos de experiência no desenvolvimento de alimentos plant-based, Bárbara Andrade, CEO e Founder da Conví Foods, falou sobre a importância da participação da Veg Capital na rodada.

“É muito importante receber o aporte da Veg Capital e ser reconhecida por este fundo que investe em grandes marcas do setor e compartilha do mesmo propósito de incentivar uma alimentação plant based. Além disso, é importante saber que os lucros obtidos são doados para instituições que trabalham na conscientização sobre os impactos causados pela indústria e consumo de carne”, ressalta.

Para Matthew Glover, fundador do Veg Capital, investir em uma foodtech brasileira de alimentos plant-based, através do Vegan Business, reforça o quanto o mercado nacional desse segmento está expandindo.

“A Conví Foods é uma marca comprovada e alinhada à missão que remove os animais do sistema alimentar, oferecendo produtos à base de plantas não comprometedores ao consumidor. Estamos entusiasmados em apoiar uma forte fundadora, a Bárbara, à medida que ela expande os negócios para oferecer seus produtos a mais pessoas e continuar educando o mercado brasileiro para os benefícios de um estilo de vida plant-based”.

Atuando no Brasil como a única plataforma de Equity Crowdfunding especializada em negócios do mercado plant-based, o Vegan Business chegou ao valor de R$ 3 milhões captados em apenas 6 meses. A Conví Foods foi a 4ª startup de negócios veganos e a 3ª foodtech a captar investimento através do Vegan Business, garantindo R$ 1,5 milhão, se tornando a empresa com maior valor captado, até o momento, pela plataforma.

Hambúrguer da Conví Foods
Imagem: Divulgação Conví Foods

Rodadas de Investimento realizadas através do Vegan Business

Em janeiro de 2022, a marca de protetor solar vegano ‘Chameleon Sun’ criada por dois ex-executivos da Nike foi a primeira startup a receber investimento, atingindo R$ 505 mil captados, com participação de 23 investidores. O ticket médio ficou perto de R$ 22 mil.

Já na segunda rodada o número de investidores saltou para 55, e o leite vegetal ‘Purifica’ captou R$ 375 mil por meio da plataforma. O ticket médio foi de R$ 6,8 mil.

A ‘Novah!’, startup de alimentos saudáveis e inclusivos à base de castanha e castanha-de-caju, contou com 108 investidores e R$ 600 mil captados para empresa com ticket médio entre R$ 1 mil e R$ 122mil.

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também:

Vegan Business capta R$ 1,5 milhão para negócios veganos no Brasil em apenas 3 meses

3 empresas veganas que captaram investimento pela Vegan Business

7 curiosidades sobre o Vegan Business

*Imagem de capa: Divulgação Veg Capital



por Amanda Stucchi em 23 de junho