Diversas pessoas tem curiosidade sobre a temática de investimento, visando fazer o dinheiro trabalhar sozinho para receber rendimentos! Por isso, muitas acabam buscando conteúdos sobre o assunto, entretanto, logo podem se deparar com palavras até então desconhecidas: equity crowdfunding, investidor anjo, valuation, mútuo conversível e tag along

Não saber o significado de determinados termos pode atrapalhar a compreensão e até dar a ideia de que o tema é complexo, mas, fique tranquilo: estamos aqui para ajudar nessa caminhada! 

5 termos que todo investidor precisa conhecer 

Aqui estão os significados de alguns termos de investimento!

Equity Crowdfunding 

O Equity Crowdfunding é uma estratégia de captação de recursos que conecta investidores com startups e pequenas empresas que têm alto potencial de expansão. Aqui as empresas conseguem receber investimento e o investidor obtém participação no negócio, seja na forma de ações/quota ou de títulos conversíveis. 

Um exemplo de Equity Crowdfunding é o Vegan Business, onde é possível investir em startups do mercado plant-based. Exemplos de rodadas são: a Chameleon Sun, empresa de protetor solar vegano, que captou R$ 505 mil em menos de uma hora e a marca de leite vegetal Purifica que obteve R$ 375 mil. Para ficar atento à essas novidades, é possível se inscrever na lista de investidores do Vegan Business! 

Algumas das vantagens desse modelo são o alto potencial de retorno para o investidor, apoiar projetos inovadores e reais, bem como ser uma maneira prática de investir. Porém, como em muitos investimentos, existe um risco maior já que o aporte é feito em empresas que estão em estágio inicial. 

Investidor Anjo 

O investidor anjo é a pessoa física que destina parte de seu patrimônio (geralmente entre 5% a 10%) para o sucesso de um negócio. Além do valor monetário, é comum também contribuírem com seu conhecimento, experiência e networking

Vale ressaltar que não é um tipo de filantropia: o investidor recebe ações da startup ou uma dívida conversível em papéis. Com alto potencial de lucros, também é um investimento de alto risco já que algumas empresas podem ir à falência e não dar retorno ao investidor.

Valuation 

Agora vamos falar sobre valuation! 

Muito utilizado em inglês, o termo se traduz para português como avaliação de empresas. Conforme o Sebrae, essa é uma ferramenta que ajuda a estimar o valor de um negócio, logo, aqui é considerada a posição da empresa no mercado e a previsão de retorno dos investimentos feitos em suas respectivas ações. 

O cálculo do valuation pode ser feito considerando o mercado, renda ou ativos. Para o investidor, conhecer esse número auxilia a saber o valor real do negócio e definir quando irá entrar ou sair do investimento. 

Mútuo Conversível 

O mútuo conversível é como se fosse um empréstimo de uma quantia que será convertida em participações, ações ou quotas de uma empresa.

Para simplificar, o investidor empresta um determinado valor e depois poderá convertê-lo em participações, ações ou quotas, virando sócio do negócio. Interessante, não é? 

O Contrato de Mútuo Conversível é um instrumento jurídico que prevê o valor que a empresa receberá e de que forma será convertido no futuro. Uma das vantagens para o investidor é evitar possíveis problemas jurídicos em uma startup que está em estágio inicial, enquanto não se torna sócio. 

Após o período previsto no contrato, o investidor pode tomar a decisão de converter o empréstimo em ações, por exemplo.

Tag Along

Em tradução livre significa “ir junto”. 

Esse é um mecanismo que busca dar mais segurança para acionistas minoritários, no caso de haver mudança no controle da empresa. 

Por exemplo: se a empresa disponibilizar tag along de 100%, ao ser vendida o acionista minoritário receberá essa mesma porcentagem do valor por ação da controladora. 

Isso tudo dá uma segurança maior para os investidores minoritários. 

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também: 

Como fazer um bom pitch para captar investimentos?

Investimentos em carnes alternativas e o futuro do mercado

Investimento de impacto: conheça mais sobre essa modalidade

*Imagem de capa: Pexels



por Amanda Stucchi em 6 de abril