A Umami United, startup com sede em Tóquio, concluiu recentemente uma rodada de investimento pré-Série A, captando US$ 1,64 milhão. O objetivo principal da empresa é utilizar esse valor para aprimorar a criação de ovos veganos, ao mesmo tempo em que planeja expandir sua presença para os mercados dos Estados Unidos e da Europa.

Ovos veganos

A startup, fundada em 2022, tem como objetivo criar uma alternativa à clara do ovo devido à crescente demanda por funcionalidades complexas semelhantes às do ovo por parte de empresas de panificação e confeitaria. A empresa está empenhada em intensificar seus esforços em pesquisa e desenvolvimento, além de expandir suas atividades comerciais, oferecendo produtos alimentícios à base de plantas que se inspiram na rica tradição culinária do Japão, combinada com tecnologia moderna.

De acordo com Hiroto Yamazaki, CEO da Umami United, ao Green Queen: “Isso é um acréscimo à nossa expansão fora do nosso mercado doméstico no Japão, na Europa e nos Estados Unidos. Estamos no meio de discussões com grandes players no Reino Unido e na Alemanha para incorporar os nossos produtos substitutos de ovos nos seus produtos alimentares à base de plantas. Eles testaram nossos produtos e as respostas iniciais são positivas.”

Ele acrescentou: “Quanto aos EUA, também estamos em negociações finais com universidades do sul da Califórnia para incorporar nossos produtos em seus cardápios veganos ”.

De acordo com Yamazaki, diversas empresas importantes no setor de carne vegetal estão testando os produtos da Umami United. A recente captação será fundamental para a identificação de parceiros estratégicos, com o objetivo de contribuir de maneira eficaz para a expansão da empresa.

Sobre o produto

Faça parte da comunidade da Vegan Business no WhatsApp: Notícias | Investidores

A tecnologia empregada pela Umami United utiliza cogumelos para extrair um sabor umami distintivo em seu ovo em pó. Essa abordagem envolve uma técnica de processamento alimentar que incorpora enzimas provenientes de tecnologia de fermentação. Resultando assim, em nuances de sabor do ovo, o produto recebeu elogios por sua capacidade de replicar os atributos sensoriais e funcionalidade dos ovos convencionais.

A empresa, utiliza farinha de konjac e amargor como elementos fundamentais em seu ovo vegano. É possível obter a textura característica do ovo, com konjac e tofu.

Segundo a Umami United, o consumo médio de ovos por pessoa no Japão é de 337 unidades por ano. A empresa ressalta que somente metade dos ovos produzidos no Japão são vendidos diretamente aos consumidores. O restante é destinado a estabelecimentos de alimentação, bem como indústrias de processamento.

De acordo com Yamazaki, a recepção do consumidor aos ovos veganos tem sido muito positiva: “Além disso, estamos vendo cada vez mais consumidores japoneses com mudanças de gostos e preferências e maior conscientização sobre a saúde, e isso também motivou esses fabricantes locais de alimentos a priorizar e lançar alimentos à base de plantas.”

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também:

Upcycling beauty: movimento por uma indústria da beleza mais sustentável

GreenProtein IA busca revolucionar a textura da carne à base de plantas

Alltrueist lança coleção vegana pioneira na indústria da moda

Imagem ilustrativa de capa: Divulgação Umami United

Por Ana Cristina Gomes em 31 de agosto