A startup plant based Prime Roots inovou mais uma vez e criou tiras de bacon a partir de Koji, que já são o maior sucesso.

Não há dúvida de que a carne à base de plantas está tomando conta dos corredores de supermercado em todo o mundo. Embora as opções e formatos sejam muitas, muitas startups estão usando a proteína de grãos como ingrediente base.

Contudo, a Prime Roots, com sede em Berkeley, Califórnia, está fazendo algo diferente. Fundada por Kimberlie Le, sua tecnologia alimentar usa o fungo japonês koji para fazer tiras de bacon, peru e refeições com sabor de carne e está até desenvolvendo frutos do mar através de uma “superproteína”.

Senta que lá vem história

Filha de um chef e dono de restaurante, Le se descreve como uma “amante de carne por toda a vida”. No entanto, ao perceber o impacto ambiental causado pela indústria da carne – de contribuir com quase um quinto das emissões globais de gases de efeito estufa para o desmatamento – ela decidiu mudar para alternativas de carne vegana, a maioria das quais não a agradavam tanto.

Então ela decidiu combinar sua experiência em foodie e microbiologia em um novo empreendimento: uma marca de alternativas à carne que não comprometem o sabor e a textura, graças ao seu ingrediente especial, koji.

O ingrediente mágico

O ingrediente foi incorporado à culinária asiática por séculos para dar aos pratos um sabor umami fermentado. Além disso, é em si mesmo um alimento rico em proteínas, de aparência agradável, com textura natural e você pode usá-lo como base para todos os tipos de carnes e frutos do mar.

Atualmente, o koji é adorado por vários chefs com estrelas Michelin. É uma proteína inteira e que pode ser cultivada com fibras microscópicas idênticas às fibras musculares da carne. Além disso, pode ser aproveitado por suas características texturais e umami para fazer a excelentes versões de carne.

O processo de fermentação e os ingredientes exclusivos da tecnologia de alimentos tornam a Prime Roots a única startup que oferece alternativas de carne vegana à base de koji e uma das empresas emergentes no crescente setor de fermentação – o “terceiro pilar” da indústria de proteínas alternativas.

Com koji, a Prime Roots fabrica sua linha de carnes alternativas, que inclui tiras de bacon e peru, bem como tiras de frango, porco e boi em sua linha de refeições prontas veganas, com óleo de coco, konjac, arroz, proteína de ervilha proteína e vários aromas naturais, como alho e gergelim.

Sucesso da Prime Roots

Embora o bacon da Prime Roots, lançado no início de 2020, seja um claro sucesso entre os consumidores, as assinaturas online de refeições à base de plantas da marca dispararam em meio à pandemia. As refeições, entre elas frango kung pao vegan, macarrão com queijo sem carne e macarrão soba de porco, também são vendidas a varejo em vários mercados ao redor da área de Berkeley.

De olho no futuro, a startup plant based também está desenvolvendo uma linha de produtos de frutos do mar vegan, em que o koji virá como um ingrediente básico para fornecer ao peixe desejado, umami e a riqueza de sabor que os consumidores amam nos peixes convencionais. No pipeline estão camarões, pedaços de atum, tortas de caranguejo, pedaços de lagosta e hambúrgueres de salmão. Tudo sem ingredientes de origem animal.

O sonho da fundadora é um dia alimentar milhões, senão bilhões de pessoas, com seus alimentos deliciosos e sustentáveis.

Leia mais sobre a incrível indústria de proteínas à base de fungos:

Como uma Startup de Bacon Vegano recebeu mais de 4 milhões de dólares em investimento?

Bob Iger, ex-CEO da Disney, investe em startup de laticínios veganos

Ingredientes à base de cogumelos: MycoTechnology levanta US$ 39 milhões para sua plataforma



por Nadia Ferreira Gonçalves em 10 de dezembro