A linha Veg&Tal da Sadia agora tem frango à base de plantas. A novidade chegou para complementar o portfólio da linha com três variedades de proteína vegetal: VEG Frango desfiado, VEG Frango em tiras e VEG Frango em cubos.

A Sadia está buscando cada vez mais atender aos diferentes perfis de consumidores e demandas, com opções 100% vegetais. As novidades são opções tanto aptas para todos que excluem ou reduzem o consumo de produtos de origem animal de seus cardápios, pois são produzidas com proteína de soja, ervilha e feijão.

Os produtos já estão à venda no e-commerce Mercato em Casa e no Mercato Sadia, loja modelo da BRF, e a distribuição nos principais supermercados de São Paulo já começou.

sadia-vegtal-frango-a-base-de-plantas
Imagem: Divulgação/Reprodução

Frango inovador

Um dos diferenciais dos produtos, além da adição de feijão carioca, ingrediente muito presente nos lares brasileiros, é a utilização de uma técnica inovadora que consiste na adição de calor e pressão sobre uma combinação de proteínas vegetais de feijão, ervilha e soja, conhecida como extrusão úmida. Essa tecnologia produz fibras proteicas longas conferindo a percepção e aparência da proteína animal.

Além da semelhança, os itens também têm a mesma quantidade de proteína de um peito de frango. Cada porção de 80g tem 94 calorias, 17g de proteínas e 560mg de sódio. O preço na loja on-line é de R$19,89.

“Sempre nos orgulhamos de oferecer produtos para todos os perfis de consumidores e suas necessidades. Percebendo um aumento na procura por alternativas à proteína animal, nada mais natural que Sadia fazer esse movimento e trabalhar na ampliação do portfólio de Sadia Veg&Tal”, destaca Marcelo Suárez, diretor de marketing das marcas BRF em um comunicado à imprensa.

As inovações da linha Sadia Veg&Tal fazem parte da Visão 2030, um plano audacioso anunciado pela BRF, que inclui a meta de triplicar de tamanho nos próximos dez anos e superar os R$ 100 bilhões em receita anual, consolidando a Companhia como empresa global de alimentos de alto valor agregado.

Proteínas vegetais são tendência

Definitivamente, as proteínas vegetais são uma tendência em pleno crescimento no Brasil. O lançamento simultâneo de três produtos de frango vegetal por uma das maiores indústrias de alimento do mundo indica que até as empresas tradicionalmente produtoras de carne animal estão investindo forte no mercado plant-based.

Recentemente, anunciamos que a BRF e a Aleph Farms firmaram uma parceria para trazer carne cultivada ao Brasil. Por certo, este é mais um indicativo do potencial de mercado das proteínas alternativas e do quanto já é fácil se tornar vegano no Brasil.

Leia também: Descubra como 6 gigantes da indústria de carne investem no mercado vegetariano e O crescente número de veganos assusta ou atrai os gigantes da carne, como a JBS?



por Nadia Ferreira Gonçalves em 15 de abril