Você conhece os motivos pelos quais precisamos mudar o sistema alimentar da população?

Sistemas alimentares envolvem todos os processos relacionados à alimentação – desde a produção, o processamento e a distribuição de um alimento, até sua preparação e consumo.

Recentemente, nosso planeta ultrapassou a marca dos 8 bilhões de habitantes. É previsto que até 2050, a população chegue a 9.7 bilhões e seria necessário aumentar a produção de alimentos em 70% para alimentar toda essa população. Tal aumento seria inviável e insustentável!

Desafios

O maior desafio está na produção de proteína, pois aumentar o número de criação de gado, causa grandes impactos ambientais e exige uma quantidade expressiva de grãos para alimentar esses animais.

A cadeia de produção de carne bovina desmata terras para cultivar soja e alimentar rebanhos de gado. A WWF informa que cerca de 79% da soja mundial vira ração animal, enquanto somente 18% são destinados para o consumo humano.

Faça parte da comunidade da Vegan Business no WhatsApp: Notícias | Investidores

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) estima que a demanda por carne deve aumentar em mais de dois terços nos próximos 40 anos. Porém, atualmete os métodos de produção não são nada sustentáveis.

Mercado plant-based

Cada vez mais estamos presenciando o crecimento do mercado plant-based, com inúmeras empresas desenvolvendo produtos neste segmento.

Estes produtos de origem vegetal estão em crescimento por novas filosofias e hábitos de consumo, com os quais se busca reduzir ou eliminar o uso de produtos de origem animal.

As motivações que estão criando e fortalecendo esta indústria são, por exemplo: por razões éticas, melhorar a saúde ou por crenças espirituais.

Mudanças no sistema alimentar

O Fórum Econômico Mundial reforçou a necessidade da mudança no sistema alimentar com um relatório reconhecendo que as proteínas “alternativas” devem ter um impacto favorável no mercado.

“Os novos métodos de biotecnologia podem perturbar toda a indústria alimentícia, já que produtos de origem animal, podem ser criados com tecnologia semelhante. Portanto, para ter sucesso no mercado de carne em 2030, é necessário um investimento antecipado, já que cadeias de suprimento, instalações de produção e canais de distribuição precisam de adaptação a novas exigências”, cita o relatório.

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também:

No Meat Factory levanta US$ 42 milhões para proteínas plant-based

Projeto Eaden revela tecnologia de carne alternativa realista

China e EUA discutem processos regulatórios para carne cultivada

Imagem ilustrativa de capa: Pexels

Por Ana Cristina Gomes em 16 de janeiro