A marca de alimentos plant-based Wicked Kitchen levantou US$ 14 milhões em sua primeira rodada pública da Série A. O investimento foi liderado pela Unovis Asset Management, uma firma de investimento global no mercado de proteínas alternativas, e pela NRF Nove Foods, empresa de capital aberto na Tailândia que visa descarbonizar o mundo através da mudança no sistema alimentar.

Com o valor, a empresa pretende expandir para os Estados Unidos e formar equipes nas cidades de Londres (Inglaterra), Austin e Minneapolis (Estados Unidos). Nos Estados Unidos, a marca trará refeições congeladas plant-based para os consumidores, tanto para o café da manhã quanto para o almoço. Outros produtos disponibilizados serão seus molhos (como o pesto) e maioneses para comércios selecionados.

Alguns desses varejistas serão a Kroger e a Sprouts, porém, mais serão anunciados, sendo que a previsão é que os produtos sejam lançados até o final do verão no país (ou seja, agosto), inicialmente com 25 produtos. É importante ressaltar que, atualmente,  a marca vende seus produtos exclusivamente na Tesco, uma multinacional varejista britânica, além disso, sua linha produtos é extensa, contando com análogos de proteínas e sobremesas veganas.

Em um comunicado à imprensa, o CEO da Wicked Foods, Pete Speranza falou: “Este investimento apoia o próximo grande salto no crescimento e adoção da linha de produtos Wicked Kitchen — uma jornada que se estenderá por todo o mundo”, tendo acrescentado: “Como foi demonstrado pela Tesco, a maior rede de supermercados do Reino Unido, a variedade de ofertas que a Wicked Kitchen traz ao mercado permite que parceiros varejistas regionais motivados se comprometam com a adoção de várias categorias [de produtos]. O que a Wicked traz para os EUA será diferente de tudo o que veio antes dele, no espaço plant-based”. 

Marca de alimentos plant-based Wicked Kitchen
Imagem: Divulgação Wicked Kitchen

O sócio fundador da empresa investidora Unovis, Chris Kerr, também deu uma declaração: “[…] A Wicked Kitchen tem uma gama incomparável de produtos excepcionais, uma marca reverenciada e dois chefs fundadores dispostos a mexer na panela. A Unovis está aqui para apoiar este esforço de todos os ângulos”.

A página da empresa também afirma: “Por meio deste lançamento nos Estados Unidos, a Wicked Kitchen estará incentivando as pessoas a se comprometerem a incorporar pelo menos uma refeição à base de plantas por dia durante um ano. Estatisticamente, se 200 mil indivíduos fizerem essa promessa, a vida de um milhão de animais será salva”. 

Quando a Tesco lançou os produtos da Wicked Kitchen, em 2018, tiveram um grande sucesso, excedendo a previsão das vendas com 2,5 milhões de refeições veganas vendidas até maio daquele ano.

Sobre a marca de alimentos plant-based Wicked Kitchen 

A empresa foi criada pelos dois irmãos e chefs executivos Chad e Derek Sarno, tendo sido fundada em 2018 nos Estados Unidos. A missão da marca é salvar os animais e apoiar o planeta, bem como as pessoas que vivem nele. Anteriormente, os irmãos também fundaram a marca Good Catch Foods, que produz frutos-do-mar plant-based nos Estados Unidos. 

Fundadores da marca de alimentos plant-based
Imagem dos fundadores Chad e Derek Sarno: Divulgação Wicked Kitchen

Uma curiosidade é que os dois também tem um blog de culinária, chamado de Wicked Healthy, com diversas receitas em vídeo para os consumidores e também publicaram livros de receitas

Aproveite e leia também: 

Marketplace vegano levanta £400 mil em primeira rodada de investimento

Startup de frango vegano levanta mais US$ 20 milhões em rodada 

*Imagem de capa: Divulgação Wicked Kitchen / via Green Queen



por Amanda Stucchi em 22 de julho