A Joyful Ventures é uma empresa de capital de risco que se dedica a promover uma missão designada com valores humanos e ambientais. Com base em sua experiência direta sobre o impacto negativo da indústria pecuária nos animais e no meio ambiente, a Joyful Ventures investe em empresas que buscam acelerar a transição global para fontes de proteínas alternativas, focando em opções mais saudáveis e agradáveis para os seres humanos.

Joyful VC e proteínas alternativas

A equipe da Joyful VC é formada por líderes altamente experientes no campo do veganismo e proteínas alternativas. Entre eles estão Milo Runkle, Jennifer Stojkovic e Blaine Vess. Milo Runkle, um dos sócios gerais, é o fundador da New Crop Capital e foi um dos primeiros investidores em empresas notáveis como Beyond Meat e Miyoko’s. Jennifer Stojkovic, também sócia geral, é fundadora do Vegan Women Summit e uma defensora das mulheres na indústria de proteínas alternativas. Blaine Vess, o último sócio geral, possui um histórico de sucesso empresarial e uma vasta experiência em investimentos. Juntos, a equipe combina sua paixão, experiência e influência na indústria para identificar e apoiar empresas inovadoras que desenvolveram intenções, impulsionando a transição global para um sistema alimentar mais ético e sustentável.

A equipe de consultoria e os investidores da Joyful Ventures incluem um grupo diversificado de fundadores e CEOs de destaque na indústria global. Eles trazem consigo uma ampla gama de vozes e perspectivas, fortalecendo a visão e o impacto da empresa. Alguns desses líderes influentes são Bjorn Oste, cofundador da Oatly, Dr. Sandhya Sriram, CEO da Shiok Meats, Ryan Bethencourt, cofundador da Indie Bio e CEO da Wild Earth, e Arturo Elizondo, CEO da EVERY. Sua participação na Joyful Ventures contribui para o apoio e orientação estratégica às empresas, impulsionando a inovação, bem como o crescimento das proteínas.

Apoio além do capital financeiro

Além disso, a Joyful Ventures oferece apoio abrangente aos fundadores. Todos na equipe da Joyful são empreendedores e têm a sorte de contar com uma extensa rede dentro desse setor. Eles trazem consigo redes valiosas, como a rede de ex-alunos da Y Combinator, para beneficiar os fundadores que apoiam. Além disso, eles têm acesso a um ecossistema mais amplo de fundadores e CEOs com os quais trabalham em parceria.

Na Joyful Ventures, trabalha diretamente com os CEOs das empresas investidas, oferecendo suporte contínuo, bem como orientação. Eles aproveitam a experiência e o conhecimento dos especialistas do setor que construíram essas empresas para fornecer informações valiosas aos fundadores sobre as etapas necessárias para apoiar o crescimento de suas empresas. Essa colaboração e troca de conhecimento auxilia os fundadores no desenvolvimento de estratégias, assim como na superação de desafios, fortalecendo seu caminho rumo ao sucesso.

Impacto socioambiental positivo

A Joyful Ventures é um fundo de impacto ambiental que tem como foco principal a transição para uma alimentação livre de carne, laticínios e ovos, que são responsáveis pela maior parcela das emissões de gases de efeito estufa provenientes do setor alimentar em todo o mundo. Dessa forma, o fundo está empenhado em soluções que reduzem significativamente o impacto ambiental causado por esses produtos.

Além do compromisso com a sustentabilidade ambiental, a Joyful Ventures também se destaca por seu compromisso com o impacto social. Eles são o único fundo que possui uma política dedicada a destinar pelo menos metade de seus investimentos a fundadores sub-representados, incluindo mulheres empreendedoras, fundadoras de origens étnicas diversas e fundadoras LGBT. Essa abordagem busca assim, promover a equidade e a diversidade no ecossistema de empreendedorismo, dando oportunidades iguais e valorizando as vozes e perspectivas desses fundadores sub-representados.

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também:

O que é Net Zero e qual é a sua importância?

Suíça vota a favor de se tornar Net Zero até 2050 em decisão histórica

Plano Net Zero é oportunidade para Reino Unido se tornar líder em proteínas sustentáveis

Imagem ilustrativa de capa: Divulgação Joyful Ventures

Por Ana Cristina Gomes em 28 de junho
Faça parte da comunidade da Vegan Business no WhatsApp: Notícias | Investidores