A Cubiq Foods, localizada em Barcelona, levantou US$ 6 milhões em uma rodada de investimento ponte (bridge). Um dos objetivos da empresa é lançar seu primeiro ingrediente de gordura cultivada no mercado estadunidense em 2023. 

Gordura cultivada: os investidores dessa rodada e as parcerias 

A empresa contou com quatro investidores para conquistar o capital: Cargill, Moira Capital, Partners, SGEIC e Newtree Impact. O valor auxiliará a Cubiq Foods a expandir as operações comerciais e de produção nos territórios da América do Norte e Europa, além de lançar novos produtos como a gordura cultivada e o Go!Mega3® no final desse ano, tipo de ômega-3 microencapsulação com óleos de algas. 

Vivek Cherian, líder da categoria de alternativas de carne e laticínios para óleos comestíveis da Cargill, explicou no comunicado

“O interesse do consumidor em proteínas à base de plantas continua a ser uma forte tendência, expandindo a oportunidade de inovação para os fabricantes de alimentos que buscam atender a essa demanda. Nossa parceria estratégica com a Cubiq Foods nos ajudará a atender melhor nossos clientes, acelerando o desenvolvimento de alternativas à base de plantas que oferecem sabor, textura, bem como o perfil nutricional e a sustentabilidade, que eles e seus consumidores desejam”. 

O investimento feito pela Cargill é a etapa inicial de uma parceria entre as empresas, onde ocorrerá desenvolvimento de produtos e a gigante promoverá e comercializará os produtos da Cubiq. Conforme apontou o Vegconomist, a Cargill está particularmente interessada no potencial da gordura cultivada criada pela empresa. 

A empresa também está desenvolvendo ômega-3 à base de células, com previsão que chegue a partir de 2022 na Europa como um novo alimento ou nutracêutico. A alternativa não utiliza soro fetal bovino para crescimento celular, utilizando um elemento feito sem animais. Ainda, é revelado que o custo do meio de cultura reduziu 10 vezes desde que começaram o desenvolvimento. 

Sobre a Cubiq Foods 

A Cubiq Foods foi fundada por Andres Montefeltro e Raquel Revilla, em dezembro de 2018. 

No ano de 2021, lançou o Go!Drop® — emulsão de óleo vegetal e água — que substitui as gorduras, podendo ser utilizado em carnes processadas, derivados de laticínios, molhos, confeitaria, panificação, produtos veganos, entre outros. 

É informado que algumas das vantagens do produto são: ter entre 40% e 50% de água (reduzindo o conteúdo calórico), melhorar o perfil nutricional dos alimentos, ter um ponto de fusão ajustável, bem como ter comportamento igual ao da gordura animal nos quesitos de aparência, mordida e sensação na boca. 

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também: 

Gordura feita com fermentação? Melt&Marble levanta € 5 milhões!

3 startups que trabalham para substituir a gordura animal

5 alimentos que parecem veganos, mas podem não ser

*Imagem de capa: Divulgação Cubiq Foods



por Amanda Stucchi em 13 de maio