A Renner, empresa brasileira de moda, lançou calçados feitos com resíduos de uva que estão disponíveis em modelos como sapato, tênis e botas. Todos os itens são femininos com tons que combinam com as roupas, como: preto, marrom e branco. 

Para criar os calçados, a empresa utilizou restos de uva que não eram aproveitadas pela indústria do vinho ou do suco. Após serem prensadas e processadas, as sementes das frutas são transformadas em uma farinha que é usada no material. 

“Os calçados da coleção foram criados a partir de resíduos de uva que seriam descartados. Eles são reaproveitados e transformados em uma matéria-prima menos impactante ao meio ambiente, com menos uso de materiais de fontes não-renováveis, como o petróleo”, contou a empresa. 

Outros materiais utilizados nos sapatos incluem: poliuretano, policloreto de vinila e poliéster, considerados veganos. 

No ano passado, a empresa realizou uma colaboração com a Insecta Shoes, marca de sapatos e acessórios veganos famosa por suas peças sustentáveis, cuja coleção contou com: vestido com top, kimono, jaqueta cropped, calça jogger em mix de estampas, camisas bordadas, macacão, bolsas e também calçados. 

Tênis da Renner
Imagem do tênis de resíduo de uva: Divulgação Renner / Foto por: Bruna Sussekind

Os calçados feitos com resíduos de uvas 

Quer saber quais são os modelos disponíveis? 

  • Tênis cano baixo com recorte traseiro contrastante — branco (R$ 199,90). 
  • Sapato Oxford com salto tratorado — preto (R$ 259,90). 
  • Bota casual com salto grosso — marrom (R$ 299,90). 
  • Bota coturno com salto tratorado e cano médio via marte — branca (R$ 379,90). 

Vale destacar que o valor foi consultado hoje (14/06), podendo diferir no futuro. 

“Acreditamos que o caminho para construir uma moda cada vez mais responsável passa por desenvolver matérias-primas inovadoras e ainda inconvencionais. Pensando nisso, fizemos um trabalho colaborativo, engajando nossa cadeia de fornecimento e outros parceiros em um projeto que incentiva a economia circular, com o objetivo de dar uma nova função a um resíduo que seria descartado e transformá-lo em um produto com atributos de sustentabilidade e muita informação de moda”, destacou Fernanda Feijó, diretora de Estilo da Lojas Renner, para a imprensa

A coleção faz parte do Selo Re: moda responsável, onde a empresa busca praticar a sustentabilidade em tudo que envolve o negócio. Alguns dos materiais utilizados são: fio reciclado (base algodão ou PET), liocel (fibra derivada da celulose), modal (tecido originário da celulose), viscose certificada (produzida com manejo sustentável), poliamida biodegradável (três anos para se decompor) e algodão responsável (certificação reconhecida internacionalmente). 

Outra ação da marca é o coletor EcoEstilo que fica dentro das lojas físicas, onde os consumidores conseguem adicionar roupas que não tem mais utilidade e são encaminhadas para reciclagem ou para reutilização. Interessante, não é?

Gostou de conhecer os calçados feitos com resíduos de uva? Aproveite e leia também: 

7 dicas para ser mais sustentável ao se vestir

Conheça os calçados veganos e sustentáveis da Linus

Sandra Chayo, empresária vegana, entra no elenco do Shark Thank Brasil

*Imagem de capa: Divulgação Renner / Foto por: Bruna Sussekind

Por Amanda Stucchi em 14 de junho