Veganismo e qualidade de vida estão diretamente relacionados, e já há estudos que comprovem os impactos positivos dessa escolha.

A cada ano, mais e mais pessoas estão tomando a decisão de se tornar vegano, e por um bom motivo! Existem tantas maneiras incríveis que o veganismo melhora nossas vidas, dentre fantásticos benefícios para a saúde, menos estresse em nosso meio ambiente, maneiras mais eficientes de usar nossos recursos e muito mais!

Ao pensar sobre a transição para o veganismo, é importante refletir sobre seus valores e as razões pelas quais esse estilo de vida é interessante para você e para o planeta. Uma grande mudança de estilo de vida é mais fácil de sustentar se você acreditar de todo o coração em sua decisão. Pense nos padrões pelos quais você se responsabiliza e o que o orienta ao decidir o que é certo e o que é errado.

Na cultura de consumo em que vivemos nos últimos anos, mostramos apoio com dinheiro. Cada compra que fazemos é como um voto de apoio. Quando compramos produtos comerciais, nosso dinheiro vota a favor não apenas do produto, mas também das práticas e da moral da empresa. Por esse motivo, é importante ser um consumidor informado para que, com cada centavo gasto, esteja apoiando algo em que realmente acreditamos.

Saúde e estilo de vida

Um estilo de vida vegano pode ser uma das maneiras mais saudáveis ​​de viver. No que se refere à alimentação, as dietas à base de plantas devem conter muitas frutas e vegetais frescos, grãos inteiros, feijões, legumes, nozes e sementes. Como as dietas veganas geralmente dependem muito desses alimentos básicos saudáveis, elas tendem a ser mais ricas em vitaminas, minerais, fitoquímicos e fibras. As dietas vegetarianas saudáveis ​​são abundantes em vitaminas B1, C e E, ácido fólico, magnésio e ferro, além de serem baixas em colesterol e gorduras saturadas.

Além do efeito na saúde, sabe-se que a adoção de um determinado estilo de vida influencia diretamente na qualidade de vida. Componentes do estado físico, psicológico, social e espiritual abrangem o conceito de qualidade de vida; portanto, se comprometer com uma vida vegana tem várias implicações em vários aspectos.

Acreditamos que a adoção de uma dieta vegetariana, como resultado de uma escolha pessoal, impacte positivamente a qualidade de vida, e estudos tem comprovado isso. Os aspectos associados ao bem-estar, à satisfação pessoal e à ideia de engajamento em uma causa maior (proteção dos animais e do meio ambiente ou benefícios espirituais) parecem realmente ter bons efeitos na vida dos veganos.

Um estudo piloto, publicado na Complementary Therapies in Medicine, mostrou melhorias na qualidade de vida mental e emocional. Outro estudo, publicado recentemente na revista Nutrients, avaliou a influência da alimentação vegetariana e a influência da dieta vegetariana na qualidade de vida da população vegetariana brasileira.

Qualidade de vida da população vegetariana brasileira

Os resultados deste estudo mostraram que, ao contrário de outras dietas restritivas, indivíduos veganos (dieta mais restritiva do grupo), tem maior qualidade de vida. Além disso, os vegetarianos que adotam a dieta por motivos éticos / morais ou de saúde pessoal também apresentaram maior qualidade de vida, o que os autores consideram estar relacionado a sentimentos positivos desencadeados por fazerem o bem aos outros (proteger os animais) e a si próprios (cuidar da saúde), respectivamente.

Simultaneamente, vegetarianos que adotaram a dieta há muito tempo e que tinham pessoas próximas também adotando uma dieta vegetariana também apresentaram maior qualidade de vida.

Os resultados deste estudo são de extrema importância para o contexto brasileiro, principalmente, o que envolve as condutas de profissionais de saúde. Tudo isso porque, a compreensão do contexto em que os veganos estão inseridos é essencial para a tomada de decisão mais equitativa.

Ao que tudo indica, a ciência brasileira também está de olho na revolução vegana. Enfim, estudos científicos são fundamentais para que possamos evoluir com segurança, tomando decisões onde todos saem ganhando.

Leia mais sobre veganismo e conheça estes 5 livros sobre alimentação saudável e vegana.



por Nadia Ferreira Gonçalves em 1 de outubro