A grife Stella McCartney realizou uma campanha da coleção de outono 2021, para celebrar os animais como nossos iguais. A marca deriva do nome da estilista que é vegetariana há muito tempo, e suas peças não possuem couro ou peles de animais, tendo uma preocupação com a sustentabilidade. 

Segundo trecho do site: “No último ano, conforme a atividade humana diminuiu, vimos criaturas de todos os tipos e tamanhos retornarem às cidades globais. Este momento inédito criou o cenário de uma fantasia estilosa onde essas espécies vivem livremente e reivindicam seus lugares entre os humanos, declarando com ousadia: nossa hora chegou!”.

Essa campanha foi feita como um mocumentário, ou seja, é um pseudodocumentário com paródias ou sátiras de eventos famosos. Foi inspirada pelo manifesto da marca, que busca significado para as letras do alfabeto, especificamente pela letra J de Joy (Alegria), segundo explicação: “A moda é alegre, a moda é escapismo, a moda é positiva”. A publicidade foi filmada pelos fotógrafos de moda Mert & Marcus, com narração produzida pelo comediante David Walliams, visando apoiar a Humane Society em sua petição internacional que tem o objetivo de impedir a criação de animais para comercialização das peles. 

Campanha da Stella McCartney
Imagem: Divulgação Stella McCartney

Essa petição também cita os riscos dessa criação para os humanos, conforme dito: “Esses sistemas de gaiola em bateria não causam apenas imenso sofrimento aos animais, mas também apresentam um sério risco à saúde pública. As condições apertadas, falta de higiene, estresse, lesões e doenças, cuidados veterinários mínimos e falta de diversidade genética significam que as fazendas de peles criam as condições ideais para a transmissão de vírus e mutação, criando novas cepas”. 

É possível assistir ao filme no YouTube, que tem uma perspectiva otimista a respeito da convivência dos animais junto aos humanos, é falado: “Um mundo onde todas as criaturas vivem em harmonia com igualdade é possível. Música para nossos ouvidos. A jornada pode ter desafios, às vezes, mas não importa nossa origem, é sempre possível encontrar consenso, seja você um coelho ou um guaxinim, até mesmo o animal mais improvável e humanos podem viver lado a lado em paz”, em tradução livre.

Campanha da Stella McCartney
Imagem: Divulgação Stella McCartney

Essa nova coleção é a mais sustentável da marca até o momento, tendo 80% de materiais ecológicos. É possível encontrá-la no site internacional da marca, porém, infelizmente, a Stella McCartney ainda não entrega para o Brasil. Na América só atende o Canadá e os Estados Unidos, mas, quem sabe um dia, não é? 

Opções para o Brasil 

Apesar da Stella McCartney não atender o Brasil, várias marcas já produzem roupas veganas, tendo consciência a respeito do sofrimento animal. Já falamos aqui no Vegan Business sobre algumas marcas veganas do Brasil, para você ter opções na hora de realizar aquelas comprinhas, como a Urban Flowers, King 55, Ahimsa, Insecta Shoes, Vegano Shoes, Conceito Ada, Gioconda Clothing e, até mesmo, de acessórios sustentáveis Design Côté. 

Sobre a Stella McCartney

Stella McCartney é uma estilista que se formou na universidade Central Saint Martins, localizada na cidade de Londres, na Inglaterra. Lançou a grife em uma parceria com o grupo Kering (que possui marcas famosas como a Gucci, Balenciaga, Alexander McQueen, Saint Laurent, entre outras), como uma joint venture 50/50, uma associação econômica das duas empresas por um período determinado. 

Campanha da Stella McCartney
Imagem: Divulgação Stella McCartney

Atualmente, existem 51 lojas independentes da Stella McCartney, porém, as coleções são distribuídas em até 77 países, seja em lojas especializadas ou de departamento, mas, em seu e-commerce as peças são enviadas para 100 países. Isso tudo demonstra a internacionalidade dessa empresa.

É afirmado na história da marca: “O compromisso de Stella McCartney com a sustentabilidade é evidente em todas as suas coleções e faz parte do éthos [conjunto de costumes e hábitos fundamentais] da marca, de ser uma empresa responsável, honesta e moderna”.

Aproveite e leia também: 

Slow Fashion: movimento, marcas e consciência de moda

Nike lançará tênis sustentável feito com fibra de abacaxi

*Imagem de capa: Divulgação Stella McCartney



por Amanda Stucchi em 21 de junho