A Planteneers desenvolveu uma gama de extrudados de alta umidade à base de ervilha para carne vegetal que prometem uma estrutura “autenticamente” semelhante à carne.

Com a marca fiildTex, a linha oferece diferentes tamanhos e formatos, como pedaços ou espetinhos. São descritos como livres de alérgenos, rótulo limpo e ricos em proteínas, fornecendo 30g a cada 100g e um NutriScore A. Além disso, podem ser utilizados em alternativas de peixe ou como componentes de refeições prontas, sendo adequados para varejo e serviços de alimentação. São congelados rapidamente (congelamento IQF), permitindo 12 meses de armazenamento a -18°C.

Na Plant Based World Expo em Londres e na última feira da Fi Europe em Frankfurt deste ano, a empresa alemã de tecnologia alimentar exibiu o novo extrudado de alta umidade em um prato à base de kebab vegetal para demonstrar as capacidades do novo ingrediente na criação de produtos de carne realistas.

“Muitos visitantes da feira ficaram surpresos com a alta qualidade do produto. A estrutura fibrosa é muito semelhante a pedaços de carne macia. Alguns até perguntaram se o produto era realmente inteiramente à base de plantas. Naturalmente, estamos muito gratificados por essa resposta positiva,” comentou a Dra. Pia Meinlschmidt, Líder de Equipe de Gestão de Produtos na Planteneers.

Soluções para Inovações

A Planteneers, sediada em Ahrensburg, Alemanha, desenvolve e produz soluções de sistema personalizadas para alternativas vegetais à carne, peixe, laticínios e produtos de charcutaria. Junto com sua empresa irmã Hydrosol (subsidiárias do Grupo Stern-Wywiol), a Planteneers também oferece soluções híbridas para empresas de carne que buscam diversificar na proteína alternativa.

Este ano, a empresa obteve vários êxitos. No verão, lançou o Plantbaser, uma ferramenta projetada para desenvolver produtos à base de plantas sem experiência em formulações no menor tempo possível: leva apenas duas semanas da ideia ao produto final. Inclui cerca de 1.300 receitas, oferecendo a maior seleção de produtos à base de plantas de todas as categorias.

Poucos meses após o lançamento, o Plantbaser conquistou o Prêmio de Inovação Tecnológica na PBWE em Nova York. Além disso, na exposição, as carnes à base de plantas desenvolvidas com as soluções da empresa, incluindo peito de frango, filé de carne, queijo parmesão, filé de salmão e salame, chamaram a atenção do público e do júri.

Por fim, a empresa expandiu para o exterior no verão com um novo escritório em Aurora, Illinois, EUA, para atender à crescente demanda por produtos à base de plantas.

“Nossos clientes esperam que forneçamos soluções adequadas para as tendências de amanhã hoje. Novos ingredientes e aplicações nos manterão ocupados para desenvolver essas inovações e sempre poder reagir em estágios iniciais,” disse a Planteneers à vegconomist em uma entrevista.

Faça parte da comunidade da Vegan Business no WhatsApp: Notícias | Investidores

Leia também:

OCEAN KISS cria o primeiro salmão defumado feito de algas marinhas

Mais informações sobre a “aprovação” de carne cultivada para pets

Dietas plant-based e osteoporose: mantenha seus ossos saudáveis

Por Vitor Di Renzo em 18 de dezembro