A Nicole Kidman, atriz e produtora, se tornou investidora e embaixadora da marca vegana Vegamour. “Não se tratava de ser o rosto da marca ou vender produtos, mas ser uma defensora de um estilo de vida holístico que prioriza o autocuidado”, comentou a estrela em um comunicado

O valor do investimento não foi divulgado.

Os motivos da Nicole Kidman para investir e ser embaixadora da Vegamour

É informado que a atriz começou a estudar os ingredientes dos produtos de cabelo, visando uma maneira mais limpa e sustentável de reviver os cachos. Dessa forma, encontrou os produtos da Vegamour voltados para o bem-estar capilar. Isso inspirou a mesma a realizar uma parceria com a marca e participar de sua missão. 

Ao conversar com o Dan Hodgdon (CEO) apresentou sua crença compartilhada em uma abordagem holística para todas as formas de bem-estar. 

“Nós não estávamos procurando um parceiro, mas quando conheci Nicole fez sentido. Estamos alinhados em todos os aspectos, desde a importância de uma abordagem natural e holística para o bem-estar capilar ideal, até nosso foco na sustentabilidade, biodiversidade, impacto social e eficácia do produto”, completou Dan Hodgdon. 

A empresa planeja crescer de forma rápida, expandindo globalmente para o Reino Unido, Europa, Austrália e China ainda nesse ano. Além disso, em junho haverá um lançamento considerado inovador em uma nova categoria da Vegamour, depois, haverá uma expansão nas categorias de manutenção capilar e estilo de beleza limpo entre o final de 2022 e o ano de 2023. 

“Meu cabelo passou por inúmeras mudanças. Com o trabalho, ele foi alisado, secado com secador, colorido, puxado e preso. Estava comigo durante a gravidez e enquanto eu focava mais meu tempo em meus filhos. É um reflexo do meu estilo de vida ao ar livre — viajando, caminhando e nadando. Já passou por muita coisa, e agora estou em uma jornada para ter certeza de que estou cuidando dele da maneira certa”, comentou a atriz na rede social da empresa

Mercado de cosméticos veganos 

O mercado de cosméticos veganos está projetado para atingir globalmente o valor de US$ 24,79 bilhões no ano de 2028, crescendo a um CAGR de 6,57%, conforme informações do Fortune Business Insights

O crescimento do veganismo impulsiona esse mercado, bem como a preocupação das marcas de cosméticos em serem mais sustentáveis.

Aqui vale destacar que o cosmético é um produto mais amplo que a maquiagem. O primeiro pode ser shampoo, tintura de cabelo, hidratante, entre outros, enquanto o segundo é voltado para o embelezamento como os famosos batons, sombras, rímel e delineadores. 

Sobre a empresa 

A empresa foi fundada por Dan Hodgdon (CEO). 

Os produtos da Vegamour são livres de crueldade (contam com o selo Leaping Bunny) e tem fórmula completamente vegana. 

Seus produtos são divididos em: cabelo, cílios, sobrancelhas, GRO+ (produtos veganos com infusão de CBD), bem-estar e kits. 

Além de serem veganos, os produtos não contêm hormônios e são clinicamente testados. 

Os cosméticos são desenvolvidos com quatro tipos de pilares: biodisponibilidade (verifica se os ingredientes são eficazes e se podem ser absorvidos e sintetizados pelo organismo), ingredientes limpos e 100% veganos, bem-estar capilar holístico e por resultados apoiados pela ciência. 

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também: 

Investidores no hall da fama? As celebridades que apostam no veganismo

Vegamour faz parceria com a marca de beleza Sephora

Scarlett Johansson lança marca vegana The Outset

*Imagem de capa: Divulgação Vegamour



por Amanda Stucchi em 2 de junho