O mercado global de sorvete vegano deverá crescer US$ 1,5 bilhão de 2023 a 2026, de acordo com analistas, a uma taxa de crescimento anual composto (CAGR) de 11%.

O mercado é impulsionado pela expansão da base populacional vegana global, lançamentos de novos produtos e a ideia sobre os benefícios para a saúde de uma dieta vegana, anunciou o Reportlinker.com.

Lançamentos

A Magnum da Unilever anunciou que está expandindo suas linhas Mini e Vegan em 2023, com Mini Double Caramel Collection e Vegan Raspberry Swirl. Além disso, a linha Minis recebeu um novo ‘premium’ para 2023, incluindo informações de calorias na frente da embalagem.

De acordo com Jennifer Dyne, chefe de sorvetes da Unilever no Reino Unido e Irlanda: “continuaremos expandindo nossa linha Vegan e Minis com novos sabores empolgantes. A fim de criar um crescimento sustentável da categoria, precisamos continuar expandindo e entregando em todos os formatos e necessidades do consumidor — essas linhas fazem exatamente isso, oferecendo indulgência Magnum para novos usuários e ocasiões.”

“A inovação conduzida por insights é de vital importância para a categoria de sorvetes, criando uma sensação de empolgação para os compradores e garantindo que permaneça relevante para as tendências de consumo e perfis de sabor em evolução”.

Faça parte da comunidade da Vegan Business no WhatsApp: Notícias | Investidores

O Veganuary atrai cada dia mais pessoas, dessa maneira muitas empresas estão apresentando novas alternativas. De acordo com uma nova pesquisa realizada pela Indústria Alemã de Confeitaria (BDSI), o sorvete vegano também está desfrutando de popularidade crescente na Alemanha.

Segundo informações do instituto de pesquisa de mercado NielsenIQ, as vendas no varejo de alimentos alemão para multipacks e embalagens domésticas continuaram aumentando em 2022. De aproximadamente € 75,0 milhões em 2020 e € 81,0 milhões em 2021, as vendas de sorvete vegano subiram para € 88,8 milhões em 2022.

A participação de mercado nas caixas de sorvete do comércio alemão, medida pelas vendas, cresceu de 4,3% para 4,9% no mesmo período.

Os consumidores têm muitas opções quando se trata de alternativas com uma ampla variedade de sorvetes veganos, tanto de marcas clássicas quanto de fabricantes de marcas próprias.

Novas marcas de sorvete vegano

A ascensão de marcas próprias e a crescente popularidade do sorvete vegano entre os millennials levarão a uma demanda considerável no mercado, preveem os analistas. A base para as variantes de sorvete veganos pode ser amêndoas, aveia, ervilha ou soja, com uma alternativa de proteína de ervilha.

Em 2022, a Veganuary mobilizou mais de 629.000 pessoas em mais de 200 países para comer uma dieta vegana em janeiro de 2022.

Marcas brasileiras de sorvete vegano

Aqui no Brasil já existem marcas que atuam no segmento!

Criada pelas youtubers Bianca Barneschi e Mariana Malagutti, a marca de sorvetes Mondo, possui diversos sabores em seu portfólio, por exemplo: Morango com cobertura de chocolate,choconuts, blong, black & white e pistache.

Além disso, existem os sorvetes veganos da Yamo, Kibon, NotCo, Dona Mumu, Lowko, entre outros!

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também:

Por que é importante mudar o sistema alimentar da população?

Climax Foods utiliza tecnologia para produzir queijos veganos

Unlimeat lança churrasco coreano e carne de porco plant-based

Imagem ilustrativa de capa: Pexels

Por Ana Cristina Gomes em 17 de janeiro