A Beyoung, uma marca de produtos de beleza vegana e cruelty free, está planejando realizar seu IPO em 5 anos. 

Criada em 2017, a empresa levantou R$ 140 milhões no final do ano passado, através do fundo de private equity da XP. 

No blog da marca, escreveram: “Ainda que conte com outros fabricantes para o desenvolvimento dos cosméticos, as fórmulas, testes de segurança e de eficácia são de nossa inteira responsabilidade, acompanhados internamente de forma minuciosa, para garantir que um produto 100% vegano e cruelty free chegue até você”. 

Segundo a Infomoney, a startup planeja faturar R$ 200 milhões em 2021. Para o veículo, Guilherme Priante (fundador e CEO) afirmou: “Vamos nos fortalecer como a maior beautytech da América Latina nos próximos cinco anos. Então, vamos buscar um IPO”. 

Vale mencionar que a receita líquida da empresa está crescendo: foi de R$ 65 milhões no ano de 2017  até R$ 150 milhões em 2020. Após a rodada da XP, a marca não relatou sua valuation

Além desses resultados positivos, a empresa também tem a intenção de criar 58 lojas conceitos até o ano de 2024.

Uma loja conceito é um estabelecimento que se diferencia pela sua iluminação, ambiente, música, cheiro, atendimento mais personalizado e até o posicionamento dos produtos. 

A Beyoung pretende inaugurar a primeira loja dentro dos meses de janeiro a março de 2022 em São Paulo, na rua Oscar Freire. 

Sobre a marca de produtos de beleza vegana

“Buscamos entender o contexto bioquímico, genético e fisiológico das necessidades da pele e, a partir desta inspiração, construímos nossas fórmulas”, relata a empresa

A Beyoung é uma digitally native vertical brand, esse termo significa as empresas que já nasceram de forma digitalmente nativa e tem uma estrutura vertical, ou seja, controlam todo o processo. 

Em seu portfólio, a marca oferece linhas de limpeza, tratamento, proteção, primer, lip tint, entre outros. 

Esse mês também lançaram a ferramenta Boostergen, que utiliza o algoritmo Skin ID para identificar as características da pele do cliente e, assim, recomendar produtos para cuidados com a pele. 

Para utilizar a ferramenta, é necessário seguir as seguintes etapas: 

  • Responder perguntas sobre o tipo de pele
  • Tirar uma foto sua para a ferramenta analisar suas necessidades
  • Mover a cabeça em círculos para escanear a pele em todos os ângulos 

É explicado que a ferramenta ficou em desenvolvimento durante 4 anos, sendo feita com uma parceria entre os dermatologistas e os profissionais de tecnologia da informação. 

Gostou de conhecer essa marca de produtos de beleza vegana? Aproveite e leia também: 

O que é equity? Conceito e os principais tipos de equity (2021)

Foodtech Liv Up levanta R$ 230 milhões em rodada 

21 marcas de maquiagem vegana fáceis de encontrar

*Imagem de capa: Divulgação Beyoung (via Infomoney)



por Amanda Stucchi em 28 de setembro