Conheça o doce de leite vegano, da empresa argentina Las Quinas.

Se você é fã de doce de leite, provavelmente deve saber que a opção argentina é uma das mais famosas e amadas. Já pensou experimentar essa versão, feito à base de plantas? Agora é possível! Em parceria com o Instituto Nacional de Tecnologia Industrial (INTI), a empresa argentina Las Quinas, desenvolveu um produto semelhante ao doce de leite, feito somente com ingredientes vegetais.

Vantagens do doce de leite vegano

Em entrevista ao site La Nacion, Ricardo Parra, fundador da Las Quinas, que é assessorado pelo instituto desde 2007 e atualmente exporta para Ásia, Europa e Estados Unidos, destacou que todo o trabalho em conjunto para elaborar o doce de leite vegano, foi  primordial. Eles conseguiram um produto com maior vida útil, sem aditivos e seguindo as normas de segurança em todos os processos produtivos.

Com a filosofia de que cada produto tem a sua história e juntos fazem a Las Quinas, a empresa que apresenta em seu catálogo comidas como geleias de frutas vermelhas, figo, laranja, morango, pêssego, mel cremoso orgânico, mel de limão e doce de leite, possui ainda uma linha fit voltada a alimentos sem açúcar.

Com a proposta de oferecer aos consumidores um produto livre de origem animal, o doce de leite vegano foi feito a partir da combinação de nozes, leguminosas e oleaginosas. Como resultado, o teor total de proteína e sólidos comparável ao do leite de vaca, permitindo assim alcançar atributos semelhantes ao do doce de leite sem a necessidade de adicionar amidos.

Para o desenvolvimento do novo produto, os especialistas do Instituto, acompanharam todos os processos, desde a seleção dos ingredientes, definição da tecnologia de processamento, até a primeira produção piloto.

Mariana Sánchez, coordenadora de projetos e desenvolvimento de alimentos do INTI, explicou ao site La Nacion, que um diferencial do doce de leite vegano, além de um excelente alimento de valor nutricional, é também a embalagem. Para o produto foi elaborado um rótulo limpo, com poucos ingredientes, para que o cliente compreenda do que é feito a sua composição.

Doce de leite vegano premiado

O produto ganhou o prêmio da Associação de Profissionais de Saúde e Alimentação, instituição que estimula a troca de conhecimentos entre os trabalhadores da cadeia alimentícia.  E foi pensado para todos públicos, sejam adeptos do vegetarianismo, veganismo ou também para pessoas com intolerância à lactose e glúten.

Prêmio APSAL 2020 – doce de leite vegetal. (Divulgação/INTI)

De acordo com a Sociedade Vegetariana Brasileira, de 2012 para 2017 o volume de buscas pelo termo ‘vegano’ aumentou 14x no Brasil. Ademais, segundo uma pesquisa realizada em 2018 pelo SVB 55% dos brasileiros consumiriam mais produtos veganos se estivessem indicados na embalagem.

Em uma comparação mundial, o crescimento do mercado no ramo da alimentação a base de plantas é expressivo. Cada vez mais, empresas estão inovando, trazendo em seus produtos, uma tecnologia e um sabor nutricional, livre de ingredientes de origem animal.

Leia mais sobre o mercado vegano:

The New York Times destaca o vegetarianismo no Brasil

Interesse dos brasileiros pelo vegetarianismo cresceu 941%



por Isabella Milena Nascimento da Cunha em 7 de janeiro