A tendência das dietas veganas e plant based, bem como, a prevalência de intolerância à lactose e alergia ao leite impulsionam o mercado global de leite de aveia. É nesse contexto de crescimento que duas novas marcas chegam ao mercado brasileiro neste final de ano.

Novidades no mercado brasileiro

Naveia – Leite de aveia criado com propósito

A primeira novidade fica por conta da marca Naveia, que acaba de lançar a versão Original e em breve lançará a Especial Barista (previsto para janeiro/21). De acordo com Alex, cofundadora da marca, a missão é fazer com que o leite vegetal faça parte do dia a dia de cada vez mais brasileiros. Foi entendendo que isso só vai ser possível com um produto gostoso e mais acessível que desenvolveram o Naveia.

Assim, a empresa investiu bastante no desenvolvimento do produto. A fim de tornar o produto naturalmente doce, a aveia passa por uma enzimação, quebrando o amido de aveia e transformando ele em maltose. Esse é um processo diferente dos outros leites vegetais, criando um leite encorpado e docinho sem o uso de aromas, conservantes, espessantes etc.

Desse modo, Naveia não tem lactose, não tem adição de açúcares e nem conservantes. É totalmente plant based, enriquecido com cálcio e pode substituir o leite animal em qualquer uso, incluindo receitas doces e salgadas.

A saber, o produto já está disponível para compras pelo site. Ainda, quem se interessa por revender ou usar em cafés, restaurantes, lanchonetes e afins, no site tem um e-mail de contato.

Nude -Leite de aveia carbono neutro

A segunda novidade é a entrada da marca Nude, que oferece uma bebida de aveia orgânica, cremosa e consciente. De acordo com o site da empresa, a produção tem baixo impacto ambiental e alto valor nutricional, demanda menos água no cultivo, baixa pegada de carbono e nada de leite. O leite de aveia da Nude é feito com aveia brasileira e não tem adição de açúcar.

A bebida é oferecida em duas versões: Original e Edição Barista. Nos próximos dias já será possível encontrar em alguns mercados do Rio de Janeiro e de São Paulo.

Por fim, os produtos são certificados pela Sociedade Vegetariana Brasileira e Produto Orgânico Brasil, como também, possuem os selos eureciclo e Carbon Cloud.

Leia mais sobre o mercado de leites vegetais:

Mercado de leite de aveia tem incrível ascensão mundial

Ouro Branco: o crescimento exponencial dos leites vegetais

Leite vegetal: 31 marcas para você escolher



por Nadia Ferreira Gonçalves em 14 de dezembro