A designer Maja Prinzessin von Hohenzollern apresentou suas casas modulares veganas e ecológicas projetadas, na feira NEW HOUSING em Karlsruhe, recebendo uma resposta positiva por parte do público.

De acordo com a designer a demanda por essas casas é grande. Compradores particulares, bem como operadores de resorts de férias, cidades e municípios estão entre os interessados.

Casas modulares veganas

As Casas Modulares de Maja Prinzessin von Hohenzollern são reconhecidas como as primeiras casas modulares ecologicamente sustentáveis do mercado. Disponíveis em tamanhos que variam de 30 m2 a 300 m2, essas casas podem facilmente se expandir de acordo com as necessidades, seguindo os novos padrões de energia EH40. Além disso, elas são acessíveis e disponíveis internacionalmente.

Essas casas modulares futuristas, cuidadosamente projetadas por Maja Prinzessin von Hohenzollern, se adaptam a qualquer estágio da vida. Cada unidade possui um layout moderno e eficiente, garantindo o mais alto nível de conforto. Se necessário, é possível ampliar as casas com quartos adicionais. Os módulos residenciais possibilita o agrupamento em proximidade uns com os outros ou empilhados verticalmente.

Seja como residência completa para toda a família ou como uma encantadora casa de férias, as opções oferecidas são variadas. Além disso, o pacote inclui uma garagem e um pavilhão, projetados em harmonia com o estilo da casa, visando atender às necessidades de uma vida luxuosa.

Faça parte da comunidade da Vegan Business no WhatsApp: Notícias | Investidores

De acordo com a designer, a empresa utilizou materiais inovadores e sustentáveis, como madeira de Paulownia, Recysta e isolamento de cânhamo, juntamente com avançadas paredes de celulose, utilizados para criar um ambiente interior saudável e tranquilizador, ideal também para pessoas alérgicas. Uma grande vantagem das casas modulares é a sua inteligente concepção, permitindo um transporte internacional de forma econômica.

Aproveite e leia também:

Greenwashing: falsa prática de sustentabilidade

Veganismo e tecnologia: avanços que impulsionam o setor

Qual a diferença entre cosméticos veganos e os livres de crueldade?v

Imagem ilustrativa de capa: Divulgação Princess Fashion SL

Por Ana Cristina Gomes em 7 de julho