O príncipe saudita Príncipe Khaled bin Alwaleed bin Talal está aumentando seu envolvimento na Bond Pet Foods, uma startup de biotecnologia que produz clean meat para animais de estimação.  

Clean meat é uma carne “limpa” feita de células de animais vivos produzida em laboratório usando uma pequena amostra de células de animais. 

A Bond Pet Foods criou, pela primeira vez na história, uma proteína de carne de frango cultivada sem animais para alimentos para animais de estimação. Pela segunda vez o príncipe está investindo na Bond Pet Foods, por meio de sua empresa KBW Ventures, depois de participar da primeira rodada de US$ 1,2 milhão no ano passado.

É a quarta startup de agricultura celular em que a KBW Ventures investe e surge à medida que aumenta o interesse por proteínas sintéticas, em parte devido às preocupações com a segurança alimentar global.

Usando um processo de produção patenteado, Bond é capaz de coletar uma amostra de sangue de uma galinha para determinar o código genético dos melhores tipos de proteínas de frango para serem usados ​​em alimentos para animais de estimação. Este código é então acoplado a uma cepa de levedura de qualidade alimentar. Quando esta levedura é cultivada em um tanque de fermentação, ela produz proteínas da carne que são idênticas às normalmente produzidas na fazenda e no campo.

“A equipe científica da Bond também está trabalhando na produção de outras proteínas de carne em cultura, feita por meio de um processo de fermentação semelhante”, disse a co-fundadora da Bond Pet Foods, Pernilla Audibert.

A proteína de frango cultivada de Bond deve resultar em produtos em 2023. Ela terá os mesmos nutrientes primários da carne de frango convencional, incluindo seus aminoácidos essenciais, afirma a empresa.

Leia também sobre a Pós-Graduação da UFPR que tem disciplina sobre cultivo de carne em laboratório e saiba mais sobre a carne do futuro.



por Redação Vegan Business em 3 de setembro