As marcas de luxo, Alexander McQueen e Balenciaga, se unem a ícones como Chanel e Prada e também não usarão mais pele de animais em suas coleções. A notícia do Business of Fashion certamente mexeu com os bastidores das casas de luxo.

As marcas de propriedade da Kering estão entre um número crescente de marcas de luxo que eliminam o uso deste insumo de origem animal, à medida que a indústria se volta para alternativas veganas, por serem mais éticas e sustentáveis.

O grupo de defesa dos direitos dos animais The Humane Society citou um relatório divulgado em 25 de março pela empresa-mãe Kering, observando que, além da Gucci, que não usa peles de animais desde 2018, McQueen e Balenciaga também estão evitando usar peles.

A diretora de criação da Balenciaga, Demna Gvasalia, não usa pele de animais desde os primeiros dias de seu mandato. De acordo com a The Humane Society, Saint Laurent e Brioni são as únicas marcas da Kering que ainda não anunciaram políticas livres de peles.

A moda vegana pede passagem

A mudança ocorre quando os consumidores exigem alternativas mais sustentáveis ​​ou sem crueldade aos produtos animais tradicionais – incluindo peles exóticas, peles e até mesmo couro.

Enquanto isso, vários designers de Londres tentam fazer com que o Reino Unido se torne o primeiro país do mundo a proibir a venda de peles. A iniciativa viu Stella McCartney, Vivienne Westwood, Erdem Moralioglu e outros se unirem em uma tentativa de convencer Boris Johnson a forçar a mudança.

“Temos a convicção compartilhada de que a moda, impulsionada pelos consumidores e habilitada pela inovação, está evoluindo para tornar as peles de animais obsoletas, à medida que mais e mais estilistas de luxo e varejistas de rua a eliminam de suas coleções”, dizia a carta. “A maioria dos consumidores do Reino Unido rejeita peles de animais por motivos éticos.” Até a presente data, o governo britânico ainda não decidiu a respeito.

Leia também: Marcas icônicas da moda se uniram para obter o couro de cogumelo



por Nadia Ferreira Gonçalves em 7 de abril