A Reebok está comprometida em construir um planeta mais sustentável e agora lançará a versão vegana do seu tênis Nano X1.

Recentemente, a empresa revelou o Nano X1 Vegan, com um visual moderno o produto é livre de insumos animais, certificado pelo USDA e usa no mínimo de 40% de materiais de base biológica. Embora o material seja diferente, a empresa afirma que ainda tem a vestibilidade, o conforto e a versatilidade das versões não veganas.

“Na Reebok , um de nossos objetivos é criar soluções inovadoras que ajudem a construir um planeta mais apto sem afetar o desempenho do produto”, disse o gerente de produto sênior da Reebok, Tal Short, em um comunicado. “Temos a responsabilidade não apenas de projetar e criar pensando em nossos consumidores, mas também no planeta Terra. Produtos como o Nano X1 Vegan são pequenos, mas passos importantes que estamos dando em direção às nossas ambições de sustentabilidade no futuro como marca. ”

 reebok-nano-x1-vegan
Imagem: Divulgação

O Reebok Nano X1 Vegan foi criado com fios de algodão e madeira fiados na parte superior, óleo de mamona e espuma EVA nas solas intermédias e solas de borracha natural. E como acontece com outros tênis Nano X1, esse tênis apresenta o amortecimento Floatride Energy da marca que também foi adicionado para oferecer a estabilidade de um tênis de treinamento e o formato elegante para oferecer velocidade máxima.

O novo Nano X1 Vegan da Reebok se junta à lista de vários lançamentos de calçados ecológicos da marca este mês, incluindo adições importantes nas categorias [REE] GROW e [REE] CYCLED – duas das maiores iniciativas de sustentabilidade da marca – com a estreia da Floatride Energy GROW running tênis e Zig Kinetica II [REE] CYCLED. Todos os produtos Reebok [REE] GROW são feitos com pelo menos 50% de materiais vegetais, enquanto todos os produtos [REE] CYCLED apresentam uma parte superior feita de pelo menos 30% de materiais reciclados.

O Reebok Nano X1 Vegan chegará em 1º de maio via Reebok.com nos tamanhos masculino e feminino e será vendido por US$ 150. Em contato com a Reebok Brasil, fomos informados de que há possibilidade de que o produto chegue também ao Brasil, mas não nos deram informações adicionais. Na dúvida, melhor ficar de olho…

Leia também: Adidas lança versões veganas para tênis clássicos



por Nadia Gonçalves em 6 de abril