A ProFuse Technology, empresa israelense de biotecnologia, está na vanguarda do crescimento de tecido muscular e acaba de anunciar um avanço tecnológico que promete inaugurar uma nova era na produção de carne cultivada.

Segundo a empresa, eles desenvolveram uma tecnologia de crescimento em 3D de andaimes que, juntamente com seus meios de cultura celular e protocolos de crescimento, é capaz de acelerar o ritmo de crescimento muscular em até algumas vezes. Isso significa que a ProFuse Technology afirma produzir carne cultivada em apenas 48 horas, reduzindo o tempo normal em impressionantes 80%.

Carne cultivada

Além disso, essa inovação aumenta o teor de proteínas no tecido muscular em cinco vezes, resultando em mais proteínas, sem modificações genéticas.

De acordo com Tamar Eigler Hirsh, CTO da ProFuse Technology: “Nossos suplementos e protocolos de mídia exclusivos permitem a produção eficaz de tecido muscular em um ambiente 3D, sem a necessidade de modificação genética. Estamos comprometidos em apoiar a produção de alternativas à carne cultivada convencionalmente que seja sustentável, ética e deliciosa.”

A ProFuse Technology, inaugurada em 2021, com o Dr. Eigler, especialista em biologia de células-tronco musculares, e Guy Nevo Michrowski, CEO da empresa. A empresa recebeu financiamento da Fresh Start FoodTech Incubator e conquistou o primeiro lugar na competição FoodTech 2021 de Israel.

Faça parte da comunidade da Vegan Business no WhatsApp: Notícias | Investidores

A tecnologia da empresa oferece soluções para reduzir o tempo de cultivo, aumentar a produtividade, melhorar a qualidade da carne cultivada e reduzir seus custos. A empresa afirma que sua inovação permite o desenvolvimento de tecido muscular maduro que reproduz de perto o sabor e a textura da carne animal.

Avanços

Michrowski destacou: “É fundamental considerar que o cerne da produção de carne reside no crescimento muscular, já que a carne é essencialmente. Dessa forma, a capacidade de cultivar carne de forma econômica e em grande escala depende de metodologias de crescimento em 3D, que envolvem estruturas e microtransportadores.”

Michrowski está programado para participar do painel intitulado “Próximos passos para a biotecnologia: aproveitando a inovação em direção à movimentação” durante o Future Food-Tech 2023, que será realizado em Londres.

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também:

Pesca desenfreada: o impacto na vida marinha

Pesquisa revela apoio dos brasileiros às refeições à base de plantas

Startups brasileiras sustentáveis concorrem a vaga em premiação global de inovação

Imagem ilustrativa de capa: Site ProFuse Technology

Por Ana Cristina Gomes em 28 de setembro