Agora é oficial: o Vegan Business teve seu registro autorizado para operar como plataforma de Equity Crowdfunding!

Se você acompanha nosso portal, sabe que já falamos que seremos a primeira plataforma dessa modalidade 100% focada no mercado plant-based e vegano. Nos últimos dias nosso pedido de registro para operação foi autorizado e já estamos trabalhando na curadoria de empresas para em breve abrir as nossas ofertas.

De acordo com Christian Wolthers, founder do Vegan Business, o trabalho de seleção das empresas será um grande diferencial e já está avançado: “Temos as primeiras empresas que vamos apoiar e levantar capital para começarmos as rodadas em janeiro de 2022”.

Optamos por dedicar nossos esforços num processo de curadoria e seleção minuciosa, de modo a reduzir os riscos e potencializar os resultados dos investimentos, além é claro, de contribuir com o desenvolvimento do mercado plant-based brasileiro. 

Portanto, se você quiser ficar a par das novidades e investir em negócios que fazem parte deste mercado em plena expansão, se cadastre na nossa lista de investidores. Após a inscrição, você terá oportunidade de tomar um café virtual com a nossa CEO, Nádia Gonçalves, e conhecer ainda mais o nosso propósito. 

O objetivo da plataforma é democratizar os investimentos em startups e empresas veganas, como as de alimentos, cosméticos, produtos de higiene pessoal e limpeza, vestuário e moda, além das tecnologias que buscam facilitar a vida sem prejudicar o planeta e os animais. 

O que é Equity Crowdfunding? 

Se você não sabe o que é uma plataforma de Equity Crowdfunding, não tem problema, nós iremos te explicar. 

O Equity Crowdfunding é uma modalidade de investimento que conecta os investidores a startups e pequenas empresas com potencial de expansão. Dessa forma, as empresas levantam investimentos, enquanto os investidores adquirem quotas/ações ou títulos conversíveis, que garantem uma participação futura no negócio. 

Um dos grandes diferenciais dessa modalidade é que qualquer pessoa pode investir, e não é necessário um grande montante de capital para começar os investimentos. A maioria das plataformas disponibiliza oportunidades a partir de mil reais (às vezes até menos). 

Assim, a plataforma de Equity Crowdfunding ou plataforma eletrônica de investimento participativo, é a pessoa jurídica regularmente constituída e registrada na CVM com autorização para exercer profissionalmente a atividade de distribuição de ofertas públicas de valores mobiliários de emissão de sociedades empresárias de pequeno porte, realizadas com dispensa de registro conforme a Instrução Nº 588, de 13 de julho de 2017.

As ofertas acontecem exclusivamente por meio eletrônico, no caso, o nosso site, e fornecem um ambiente virtual de encontro entre investidores e emissores.

Caso queira aprofundar seu conhecimento, publicamos recentemente um guia completo sobre essa modalidade. 

Autorização para ser uma plataforma de Equity Crowdfunding

Uma dúvida que pode surgir é a seguinte: qual é o tipo de autorização que uma plataforma de Equity Crowdfuning precisa ter? 

Conforme Instrução mencionada anteriormente, a plataforma precisa ter seu registro autorizado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para funcionar. Essa autorização garante que a plataforma tenha os requisitos pré-definidos e é passível de fiscalização por esse órgão competente.

Essa foi a autorização que o Vegan Business obteve para trazer conformidade e segurança aos seus futuros investidores. 

diario-oficial-04-de-outubro-de-2021-autorizacao-vegan-business

Autorização do Vegan Business publicada no Diário Oficial da União (DOU) de 4 de Outubro de 2021

Curiosidade: presença na mídia

Enquanto aguardávamos a autorização, a plataforma de Equity Crowdfunding do Vegan Business já foi citada em outras mídias, tanto do mercado vegano quanto de notícias gerais.

Foi destaque na Vegazeta, com a matéria “Vegan Business busca investidores para o mercado nacional plant-based”, nela Christian Wolthers relatou: “Estamos vendo o número de veganos e adeptos de produtos plant-based aumentar a cada dia no país”. 

Também apareceu na Folha, que abordou essa modalidade de investimentos, onde nosso fundador falou que a criação de uma plataforma para esse mercado auxiliará os investidores a encontrar negócios com valores semelhantes e que passaram por uma seleção prévia criteriosa.

Nós, do Vegan Business, acreditamos que a apoiar negócios plant-base gera incríveis benefícios para o nosso planeta, os animais, a nossa saúde e a economia global. Agora, além de divulgar e promover esses negócios nós também iremos oferecer acesso ao capital financeiro e intelectual.

 

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também: 

Vegetarianismo e veganismo são tendências de investimentos 

Crica Wolthers, founder do Vegan Business, aparece em matéria da CNN

Vegan Business lança Founder Series no YouTube sobre Empreendedorismo Plant-Based 



por Amanda Stucchi em 8 de outubro