Todo mundo gosta de se deliciar com um bom petisco de boteco. De fato, ninguém deve se privar de comer o que tem vontade por falta de opção, e se a vontade for comer um bom petisco vegano, um bom livro de receitas pode ser a solução.

Certamente, há uma infinidade de lanches e refeições veganas para satisfazer todos os paladares, mas quando o assunto é petisco, pode parecer que as opções sejam restritas. No entanto, com um pouco de criatividade é possível preparar petiscos veganos saudáveis e sustentáveis.

Seja para consumir em casa, junto aos amigos e familiares, ou para incrementar o menu vegano do seu restaurante, os petiscos são a escolha ideal.

Afinal, a fome pode bater a qualquer hora e, além disso, viver momentos especiais com amigos e pessoas queridas, quase sempre, remete a uma mesa com petiscos deliciosos.

Petisco vegano saudável e sustentável

Surpreendentemente, ao reconhecer os bons momentos ligados às histórias da vida das pessoas, a autora Katia Cardoso preparou o livro 50 petiscos veganos: delícias de boteco para saborear em casa. Lá, você encontrará receitas de deliciosos quitutes veganos, saudáveis e sustentáveis, inspirados nas melhores opções de boteco de todo o país.

Petisco-vegano-livro

Para comprar clique aqui.

O reaproveitamento de talos e folhas que teriam a lixeira como destino certo é a grande sacada de Katia. Apesar das receitas serem simples, o olhar mais consciente para os alimentos é um grande diferencial, que faz deste livro algo além de um mero livro de receitas.

Despertou sua curiosidade? Então veja essas receitas retiradas do livro.

Receitas básicas

São as preparações usadas em diversos pratos do livro, que também podem ser utilizadas em outras criações.

Molho de tomate caseiro

Quer algo mais básico que um molho de tomate? Mas essa receita não é de um molho qualquer, experimente e sinta a diferença.

Primeiramente, você irá precisar de:

  • 1 kg de tomates italianos grandes bem maduros
  • 1 fio de azeite
  • 2 dentes de alho pequenos sem casca ralados
  • 1 talo de alho-poró em rodelas finas
  • sal e pimenta-do-reino branca moída na hora a gosto
  • 1 ramo grande de manjericão fresco
  • uma pitada de canela em pó

Para o preparo, bata os tomates no liquidificador até virarem um caldo espesso. Reserve.

Depois, aqueça o azeite em uma panela e refogue o alho e o alho-poró até ficarem transparentes. Ponha o tomate batido e tempere com o sal, a pimenta, o manjericão e a canela. Mexa bem. Tampe a panela e leve ao fogo baixo por 35 minutos, mexendo às vezes, ou até o líquido se reduzir. Descarte o manjericão e use em suas receitas.

Pode ser conservado em geladeira em recipiente com tampa, por até uma semana.

Molho cremoso de castanha-de-caju

Quer um molho deliciosos, com textura similar à da maionese e que pode ser usado como substituto caseiro das versões industrializadas?

Antes de tudo, você precisará de:

  • 1 xícara de castanha-de-caju crua sem sal
  • ¼ de xícara de azeite extra virgem
  • 1 colher (chá) de mostarda em grãos
  • 2 colheres (sopa) de leite de aveia
  • 2 colheres (sopa) de suco de limão-siciliano coado
  • sal, pimenta-do-reino branca moída na hora e lemon pepper a gosto

Deixe a castanha de molho em água filtrada suficiente para cobri-la por uma noite.

No dia seguinte, escorra bem e ponha no liquidificador com os demais ingredientes. Bata bem até virar uma mistura cremosa.

Pode ser usada em sanduíches ou como base para outros molhos.

Ketchup caseiro

Que tal uma versão deliciosa de ketchup?

Você precisará de:

  • 5 tomates grandes maduros orgânicos (500 g)
  • 1 fio de azeite
  • 1 dente de alho sem casca ralado
  • ½ xícara de vinagre de maçã
  • 1 cebola pequena sem casca ralada
  • 1 pedaço de gengibre de 3 cm bem ralado
  • 7 cravos-da-índia
  • 1 colher (sopa) de açúcar demerara
  • uma pitada de sal
  • 1 pau de canela grande

Primeiramente, corte o tomate em pedaços e coloque no liquidificador com a pele e as sementes. Bata bem até virar um caldo espesso. Reserve.

Em seguida, aqueça o azeite em uma panela média e ponha o alho, a cebola e o gengibre. Refogue por 2 minutos, mexendo. Acrescente o vinagre e o açúcar. Mexa bem até o açúcar se dissolver. Adicione o sal e as especiarias. Deixe apurar em fogo baixo por 2 minutos. Junte o tomate batido e mexa bem. Tampe a panela e cozinhe em fogo baixo, mexendo às vezes, por 35 minutos ou até o líquido se reduzir.

Por fim, retire as especiarias e guarde em um recipiente com tampa para uso em até 5 dias.

Este molho fica com um sabor muito próximo ao do ketchup industrializado, mas tem a vantagem de ser isento de conservantes ou outros aditivos químicos.

Tofu marinado

Quer surpreender? Então experimente preparar esse tofu.

Para isso, você precisará de:

  • ½ xícara de vinho branco vegano
  • 1 xícara de azeite extra virgem
  • 3 colheres (sopa) de suco de limão-siciliano coado sal e lemon pepper a gosto
  • 1 xícara de manjericão fresco (só as folhas)
  • 200 g de tofu fresco bem lavado e escorrido, cortado em cubos

A fim de homogeneizar, bata bem todos os ingredientes no liquidificador, exceto o manjericão e o tofu. Adicione o manjericão e bata mais um pouco, sem triturar a erva totalmente. Transfira para uma tigela e adicione o tofu. Reserve, tampado, por 2 horas, no mínimo.

Em seguida, escorra bem o tofu, descartando os pedaços de manjericão que grudarem no alimento e use-o em suas receitas. Se quiser fazer o tofu empanado, pré-aqueça o forno a l80°C.

Passe os cubos de tofu no gérmen de trigo e disponha-os sobre uma assadeira forrada com papel-alumínio, levemente untado com azeite. Por fim, asse por 30 minutos ou até dourarem (vire na metade do tempo).

Deu água na boca? Então, não deixe de aproveitar as 50 receitas de petiscos veganos.



por Nadia Ferreira Gonçalves em 21 de julho