Sempre gostei de práticas meditativas e com o tempo descobri que o yoga pode nos ensinar muito sobre o veganismo.

Sei que para algumas pessoas o yoga é apenas uma modalidade de exercício. Ou uma maneira de aliviar a dor lombar. Ou talvez, um caminho para relaxar. Mas para outros, yoga é muito mais. É um estilo de vida, dentro e fora do tapetinho.

Hoje, mais do que nunca eu acredito na importância de incluir na rotina práticas que fazem sentido e que ressoam em nós. Por isso, quero compartilhar com vocês algumas interpretações que o yoga pode nos ensinar sobre veganismo, que podem funcionar como grandes ensinamentos quanto ao tornar-se vegano.

Uma vida com mais disciplina

De fato, esta interpretação transmite a ideia do yoga de forma perfeita. Quer dizer, com disciplina física e mental é possível atingir objetivos que antes pareciam impossíveis.

No veganismo, esse objetivo pode ser mais saúde física, dificilmente alcançável consumindo produtos de origem animal. Que tal viver de forma a causar o mínimo de danos ao meio ambiente e outros seres vivos? Parece impossível com uma dieta onívora moderna e usando produtos feitos a partir de animais.

Escolher um estilo de vida vegano envolve disciplina, como resultado podemos acessar uma forma de vida mais alegre, compassiva e consciente, o que antes era inatingível.

Uma vida sem violência

Um dos textos fundadores do yoga é o Bhagavad Gita. Nele, os autores discutem a natureza da alma, o propósito da vida e como o yoga é a atitude que os sustenta, além de ser disponível para todos. Simpatia por todos os seres e não violência ecoa no Bhagavid Gita.

Além disso, a não violência (Ahimsa) em pensamentos, palavras e ações é o primeiro dos 5 Yamas, os grandes votos universais do yoga. Apesar de os textos não mencionarem o veganismo, este é um caminho certo para a não violência.

Por definição da Vegan Society, o veganismo é um estilo de vida que busca excluir, na medida do possível e praticável, todas as formas de exploração e crueldade contra os animais – seja na alimentação, no vestuário ou em outras esferas do consumo. Amor e compaixão por todos os seres sencientes são fundamentais para uma vida sem violência.

Uma vida com mais alegria

A prática de yoga nos ajuda a reduzir o sofrimento e a criar uma melhor experiência de vida – física, emocional e espiritualmente.

Muitos podem não perceber, mas o simples fato de escolher um estilo de vida vegano é um caminho para criar mais alegria para si mesmo!

Similarmente, quando optamos pelo veganismo de modo consciente, aprendemos como nutrir nossos corpos para uma saúde ótima, além de viver de acordo com nossos próprios valores de compaixão.

Ao escolher um estilo de vida mais saudável, preparamos nosso corpo para lidar com os desafios físicos da vida cotidiana. Optando por escolhas livres de crueldade, reduzimos a ansiedade que pode advir de ignorar nossos instintos e intuição.

Uma vida com menos ansiedade

O yoga nos ensina a dirigir os nossos pensamentos para um ideal mais elevado.

Quando decidimos nos tornar veganos, simultaneamente decidimos direcionar os nossos pensamentos para viver com uma intenção. Quer a motivação para se tornar vegano seja a saúde, os animais, o meio ambiente ou qualquer outra coisa, há uma decisão de direcionar os pensamentos e ações para alcançar uma mudança positiva.

Além disso, a prática de yoga pode nos ajudar a prevenir e combater a ansiedade, logo, garantir que tenhamos mais disciplina rumo aos nossos ideais.

A Organização Mundial da Saúde já detectava, em um relatório de 2018, que o Brasil é o país com o maior número de pessoas ansiosas do mundo. Se isso já era realidade naquele ano, imagina hoje num cenário pós-pandemia?

Talvez você já saiba que a ansiedade é considerada o mal do nosso século e provavelmente você já tenha experimentado como é conviver com a ansiedade. No entanto, o que talvez você ainda não saiba é que a prática de yoga pode nos ajudar a superar a ansiedade, afinal, esse é mais um ponto que o yoga pode nos ensinar sobre veganismo.

Pensando nisso, nossos amigos do Zen Welness prepararam a Semana do Yoga para Ansiedade, com uma programação de conteúdos e práticas de yoga totalmente gratuitas, focadas na busca de mais equilíbrio e saúde. A programação completa e a inscrição pode ser acessadas no site.

Não perca!



por Nadia Ferreira Gonçalves em 19 de janeiro