A Lantmännen, cooperativa sueca, inaugurou oficialmente uma biorrefinaria em Norrköping, na Suécia, com objetivo de extrair o glúten, proteína do trigo.

A cooperativa investiu € 70,81 milhões na nova instalação. Além disso, realizou a contratação de 30 funcionários, com o intuito de aumentar sua produção.

Proteína de trigo

De acordo com Lars-Gunnar Edh, chefe do setor de energia da Lantmännen: “A demanda por proteína de trigo sueca é alta tanto nacional quanto internacionalmente. É muito positivo podermos oferecer a mais clientes nossa proteína de trigo de alta qualidade”.

A cooperativa agrícola de propriedade de mais de 19.000 agricultores suecos, possui operações em cerca de 20 países e possui um faturamento anual de mais de € 4,5 bilhões.

Lantmännen explica que os suecos fornecem trigo diretamente da terra arável, o que permite manter consistentemente alta qualidade do material, a capacidade de produção e a quantidade de proteína extraída do trigo, sem envolver intermediários.

Anteriormente, Lantmännen estabeleceu uma parceria com a Mycorena, uma empresa de tecnologia alimentar que utiliza micélio para criar fontes e ingredientes de proteína à base de fungos, com o objetivo de reutilizar resíduos de alimentos. Uma parceria foi anunciada no ano passado.

“Através deste investimento, fortalecemos a robustez da produção sueca de alimentos e aumentamos as oportunidades de exportação, ao mesmo tempo em que criamos valor adicional da terra arável sueca e das fazendas de nossos membros. Este é mais um marco importante na estratégia da Lantmännen do campo à mesa”, disse Magnus Kagevik, presidente e CEO da Lantmännen.

Gostou dessa notícia? Aproveite e leia também:

Couro de tomate? Conheça a alternativa da Bioleather

Trocas fáceis e ecológicas para você fazer no dia a dia

6 marcas de cosméticos veganos de alta performance

Imagem ilustrativa de capa: Divulgação Lantmännen

Por Ana Cristina Gomes em 15 de maio
Faça parte da comunidade da Vegan Business no WhatsApp: Notícias | Investidores